Paraná recebe mais 227,4 mil doses de vacina contra Covid-19 nesta sexta-feira

Paraná recebe mais 227,4 mil doses de vacina contra Covid-19 nesta sexta-feira

AEN

O Paraná recebe nesta sexta-feira (26) a décima remessa de vacinas contra a Covid-19. O lote desembarca no Aeroporto Afonso Pena, em São José dos Pinhais, às 9h35 e segue para o Centro de Medicamentos do Paraná (Cemepar), onde será organizado para distribuição às Regionais da Saúde, ainda sem previsão de horário. Nesta remessa, são 188.800 doses da Coronavac, produzidas pelo Instituto Butantan/Sinovac, e 38.600 da vacina desenvolvida pela Universidade de Oxford/Astrazeneca, produzida no Brasil pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Com a nova leva, o Estado totaliza 1.727.850 doses recebidas: 1.494.000 da Coronavac e 233.850 da Oxford/Astrazeneca. Até a tarde desta quinta-feira (25), segundo o Vacinômetro, haviam sido aplicadas 704.788 primeiras doses e 205.268 doses de reforço – o que representa 64,5% e 74,9% do total distribuído, respectivamente. Atualmente, o foco da vacinação está em pessoas acima de 70 anos, profissionais da saúde e quilombolas.

“Queremos que as vacinas cheguem nos braços dos paranaenses para aumentar a imunização no Estado todo”, disse o secretário estadual da Saúde, Beto Preto. “Com as novas remessas, estamos descendo para base da pirâmide populacional e precisamos usar toda a nossa capacidade de vacinação para acelerar esse processo. O Ministério da Saúde nos garante que agora teremos um fluxo melhor de vacinas, e eu reitero a necessidade de que esse fluxo seja cumprido”, enfatizou o secretário.

Lotes anteriores

O nono lote recebido pelo Paraná, com 240.450 doses, foi distribuído já nesta semana. Ele chegou a Curitiba no último sábado (20) e foi distribuído na segunda-feira (22) a todo o Estado juntamente de outras 129,2 mil doses do oitavo lote.

A expectativa do Paraná é vacinar todos os 21 grupos prioritários do Plano Estadual de Vacinação até maio, totalizando 4.635.123 pessoas. Até o momento, já foram imunizados com a 1ª dose da vacina 88,25% dos profissionais de saúde; 92,35% dos idosos institucionalizados; 87,04% da  população indígena; 64,19% das pessoas acima de 90 anos; 92,22% das pessoas entre 80 e 89 anos; 74,1% das pessoas entre 75 e 79 anos e 12,23% da faixa etária entre 70 e 74 anos.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.