Festa das Cerejeiras espera público superior a 6 mil pessoas neste sábado e domingo

Festa das Cerejeiras espera público superior a 6 mil pessoas neste sábado e domingo

Matheus de Lara

Com a florada das cerejeiras e o encanto que proporcionam às pessoas, a Festa das Cerejeiras – Sakura Matsuri – retorna ao público de forma presencial neste sábado (6) e domingo (7), das 10 horas às 17 horas. Neste ano, o evento chega a 14ª edição.

A exemplo de outros anos, a festa acontece na Associação Cultural Esportiva de Castro (ACEC), onde a florada mostra todo o seu esplendor. A entrada na associação será de R$ 5 por pessoa. Crianças de até 12 anos e idosos acima de 65 anos não pagam, mediante documento com foto.

Em conversa com o presidente da ACEC, Alvaro Tatsuya Yamamoto, a expectativa desse evento é grande. “Com o retorno dos eventos presenciais, esperamos que venham muitas pessoas de toda a região. O público presente em 2019 foi de quase 4 mil pessoas, e para esse ano esperamos receber mais de 6 mil. Até as cerejeiras estão ansiosas e abriram antes. Então, esse final de semana será a última oportunidade de ver essa florada que está indo para o final, e com a chuva da semana que vem, deve cair tudo”.

Alvaro também destacou que entre algumas novidades para este ano, estão as barracas novas de comidas japonesas e outras opções, como o artesanato e brincadeiras, além de atrações como Taiko, Karatê, Dança Bon Odori, Karaokê, encontro de cosplayers, entre outras atrações.

Sobre o retorno do evento, o presidente disse que “esperamos com esse retorno, com esse aumento do público, divulgar ainda mais a cultura nipônica, através da comida, das apresentações e principalmente da apreciação das cerejeiras, que simbolizam a efemeridade da vida, que nos ensinam a lição de aproveitar cada momento, que chamamos de ‘ichigo ichie’, que é equivalente ao carpe diem”.

Origem

Alvaro descreve como teve origem a festa. “Com a vinda e o plantio das cerejeiras na associação, surgiu a ideia de fazer um evento dedicado a isso, que fosse mais para a família, em um lugar aberto, com um dia com toda a diversidade de apresentações culturais e a florada”. Na ACEC há 800 pés de cerejeiras plantados, entre dez variedades, três sendo os principais.

Apresentações

No sábado (6) – 13h30 (Kokorazashi Taiko parte 1), 13h40 (apresentação Shozo Saito – música: Itakogassa), 13h45 (apresentação Irene Kanda -música: Wakare no Assá), 13h50 (Kokorazasho Taiko parte 2), 14 horas (apresentação Hironi Assahi -música: Yoake no Blues), 14h05 (apresentação Kioko Saito -música: Tategami), 14h10 (Grupo Castrolanda), 14h50 (apresentação Paulo Kamiji – música: Soemontyo Blues), 14h55 (apresentação Alice Hiraga – música: Ame no Tabibito), 15 horas (Karatê), 15h30 (Bon Odori) e 16 horas ocorre o encerramento.

No domingo (7) – 13h30 (Kokorazashi Taiko parte 1), 13h40 (apresentação Akemi Sakurada -música: Yuki no Hana), 13h45 (Kokorazasho Taiko parte 2), 13h50 (apresentação Massumi Sakurada -música:Jinsei no Okurimono), 14 horas (Kyudo), 14h30 (apresentação Takashi Chikude -música: Araumi Banka), 14h35 (Niten), 15 horas (apresentação Mariko Chikude -música: Yoruno Guinguitsune), 15h05 (apresentação Elena Tamura -música: Onnano Defune), 15h10 (Cosplay), 15h40 (apresentação Yuichi Oshima -música: My Way), 15h45 (apresentação Takashi Miura -música: Tsugaru Otoko Bushi), 15h50 (Karatê), 16h20 (Bon Odori) e 16h50 se encerra as apresentações.

Fotos: Divulgação / ACEC

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.