Carambeí integrará Rotas e Circuitos de Cicloturismo que envolvem quatro cidades

Carambeí integrará Rotas e Circuitos de Cicloturismo que envolvem quatro cidades

Da Assessoria

Carambeí – A prefeita Elisangela Pedroso recebeu nesta quinta-feira (9) o prefeito de Tibagi, Artur Nolte – Butina -, acompanhado da chefe de gabinete, Kelly Oliveira, e pelo relações públicas da prefeitura de Ponta Grossa, Alessandro Lozza de Moraes, para a apresentação e adesão ao projeto de Rotas e Circuitos de Cicloturismo que envolve os municípios de Ponta Grossa, Carambeí, Tibagi e Telêmaco Borba. Carambeí já recebe em finais de semana e feriados cerca de 100 ciclistas e na cidade há vários grupos de praticantes dessa atividade que somam mais de 150 pessoas de todas as faixas etárias.

O projeto apresentado já tem um pré roteiro que inicia em Ponta Grossa e segue para Carambeí, Tibagi e Telêmaco Borba. O objetivo é que os municípios elaborem circuitos onde o visitante possa conhecer pontos turísticos e permanecer por um tempo em cada cidade, movimentando todo trade turístico.

O diretor da Secretaria Municipal de Esportes, Aparecido Everson leite Soares, descreve que em Carambeí é possível elaborar, num primeiro momento, dois circuitos que já são explorados pelos ciclistas da cidade e visitantes. “Temos a região do Alagados acessada pela estrada do Catanduvas e também Avenida dos Pioneiros que passa pelo Parque Histórico e segue pela estrada rural Santo André, onde as paisagens são de grande beleza”.

Aparecido diz que esses trechos serão mapeados e apresentados para integrarem a Rota na próxima reunião que ocorrerá no dia cindo de outubro em Telêmaco Borba. “No município há vários grupos que somados chegam a aproximadamente 150 ciclistas que traçam vários caminhos como Tainha, Areião, Santo André e Catanduvas.

A prefeita Elisangela Pedroso ressalta que a oficialização desses circuitos, dentro da Rota do Cicloturismo, abrirá oportunidade de geração de renda para os agricultores e moradores que estão próximos aos circuitos. Ela acredita possam ser criados quiosques para oferecerem produtos de consumo como sucos, geleias, bolos, sanduíches naturais entre outros itens gastronômicos que tenham ingredientes próprios do município. “Os circuitos poderão contar com pontos onde o nosso artesanato também possa ser apresentado e comercializado. Projetos como esse incentivam a prática de esportes ao mesmo tempo que oferecem lazer ao ar livre onde toda família pode aproveitar. A nossa adesão a esse projeto é de 100”, completou.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.