Brasil domina a tecnologia da vacina contra a Covid-19

Brasil domina a tecnologia da vacina contra a Covid-19

Estamos vivendo com o Brasil uma das suas maiores crise. A vida do mundo homem tem seus altos e baixos, onde os fortes derrotam os fracos e todos lutam pela sobrevivência. Quando acuado por esta dependência, procuramos se ajustar com os novos tempos, por meio de reforma emergencial. A grande notícia dada pela mídia foi que o Instituto Butantan, centro de pesquisa, orgulho do Brasil, está testando uma nova vacina contra a covid-19. A vacina brasileira é diferente das demais, leva o nome de Butanvac e utiliza como matéria–prima os ovos embrionados de galinha. No entanto, sem navegar nas águas do exagero, um ovo produz três doses de vacinas, a indústria pode produzir mais de 25 mil doses por hora. Nesta aventura de amor, quantos espermatozóides os galos deverão produzir para fecundar mais ou menos 8 mil ovos para produção de aproximadamente 25 mil doses de vacina por hora? Ainda, a biologia do ovo lembra que o embrião que se encontra na gema, tem que ser fecundado antes do ovo receber a casca. Enfim, vamos torcer para que o amor dos galos se torne uma paixão, sem tomar gemada dos ovos das aves galiformes.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.