Sepultamento de sargento morto em acidente foi com honras militares

Sepultamento de sargento morto em acidente foi com honras militares

*Da Redação

Ponta Grossa – A semana foi de tristeza para duas famílias que enterraram seus entes queridos, vítimas de acidente automobilístico na noite de segunda-feira (18), quando o carro em que estavam foi prensado por dois caminhões na BR-376.

O corpo de Dionathan José Izak, empresário do ramo agrícola e estudante do curso de Direito, foi sepultado às 17 horas de terça-feira (19), em meio a muita comoção, no Cemitério Municipal Frei Mathias, em Castro. No dia seguinte, na manhã de quarta-feira (20), foi dado adeus ao 3º sargento Robson Miguel Souza de Lima, 36 anos, comandante do Destacamento da PM em Carambeí, mais uma vítima do trágico acidente, também estudante de Direito. O policial militar recebeu honras militares, com salva de tiros, sendo o corpo conduzido por policiais militares até o seu sepultamento. A cerimônia fúnebre trouxe o comandante do 4º CRPM, tenente-coronel Renato dos Santos Taborda e o comandante do 1º BPM, tenente-coronel Marcos Ginotti Pires, além de outros oficiais e praças da polícia militar, políticos e representantes de corporações não militares.

Acidente

Por volta das 20 horas e 10 minutos, equipe PRF prestou atendimento a acidente, na BR 376, KM 491, perímetro urbano da Avenida Presidente Kennedy, em Ponta Grossa.

Do tipo colisão traseira, envolveu dois caminhões e um automóvel, sendo um Scania, com placas de Maringá; um automóvel Citroën C3, com placas de Castro, e um caminhão Volvo, com placas de Ponta Grossa.

Equipe PRF constatou que o caminhão Scania havia reduzido sua velocidade, em função de fluxo intenso naquele horário, no sentido Curitiba, o que foi seguido pelo condutor do automóvel Citroën C3, no entanto não foi possível ao condutor do Caminhão Volvo, que acabou colidindo na traseira do automóvel, vindo a prensá-lo em outro caminhão.
No automóvel haviam quatro pessoas, o motorista identificado como sendo Cabo Dimas Roberto, do 26º BPM, levado em estado grave ao Hospital Santa Casa e um quarto ocupante, Gabriel Martins Ferreira, resgatado pela equipe do Corpo de Bombeiros e encaminhado ao Hospital Regional, com lesões generalizadas; além dos dois outros passageiros que entraram em óbito.

Os condutores dos caminhões realizaram o teste de etilômetro, com resultado negativo para ingestão de álcool.

A pista ficou totalmente interditada, do horário do acidente até por volta da zero hora e trinta minutos de terça-feira (19), causando imenso congestionamento, que atingiu mais de 10 quilômetros.

Outra informação obtida é que pelo menos dois dos ocupantes seriam estudantes de Direito e se deslocavam pela rodovia de Castro até Ponta Grossa, com destino a Unicesumar. A intenção era encurtar o tempo de viagem e evitar o trânsito da cidade.

*Informações BD Com PRF

Relembre:

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.