Rastreador leva polícia militar a descobrir caminhão e carga de soja roubada

Rastreador leva polícia militar a descobrir caminhão e carga de soja roubada

Sandro Adriano Carrilho

Ponta Grossa – Além da insegurança no campo, os ladrões de carga estão cada dia mais arrojados. A prisão de um caseiro e a recuperação em Ponta Grossa de um caminhão e de toneladas de soja roubadas na noite de sexta-feira (2), pode desbaratar quadrilha que age na região já algum tempo.

Segundo o produtor agrícola L.L, dono da carreta e da carga recuperada através da ação da polícia militar, que utilizou-se de um dos rastreadores do caminhão, a soja foi descarregada em um barracão que pertencia a Lúcio Miranda, nos fundos da Indústria Telhaço, e o caseiro foi preso. Inclusive, afirmou o produtor por áudio enviado a um grupo de Whatsapp, que haviam várias anotações nesse barracão, de várias cargas que chegavam sem documentação, e algumas constavam até as placas dos caminhões. Quanto ao seu caminhão, ele descreve que “graças ao segundo rastreador, o caminhão tinha dois rastreadores e eles arrancaram o primeiro, foi possível mostrar onde ele esteve”.

Para o comandante do 4° CRPM, Edmauro de Oliveira Assunção, também por áudio encaminhado para um grupo de Whatsapp, “o roubo do caminhão carregado com soja aconteceu às 19 horas, esse mesmo caminhão carregado de soja lá de Reserva. O motorista foi preso, amarrado pelos sequestradores, mas conseguiu se soltar e chamar a polícia pelo 190. Desde às 19 horas estamos nessa ocorrência e aí foi conseguido recuperar o caminhão. Lá no local tinha uma pessoa cuidando, foi presa essa pessoa também. Foi feito todo o procedimento, a carga recuperada, o caminhão também, e essa pessoa presa está sendo encaminhada para a delegacia, para aplicação do flagrante, para depois começar a investigação da polícia civil (…). Já está tudo resolvido, tudo finalizado, já está tudo tranquilo”, descreveu Edmauro.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.