Homem condenado por estuprar a própria filha em Castro responderá em liberdade

Homem condenado por estuprar a própria filha em Castro responderá em liberdade

MPPR

Em Castro, homem denunciado pelo Ministério Público do Paraná (MPPR) foi condenado a cumprir 30 anos, 3 meses e 15 dias de prisão em regime inicial fechado por estupro de vulnerável. Conforme a denúncia, apresentada por meio da 4ª Promotoria de Justiça da comarca, o réu teria cometido atos libidinosos diversos da conjunção carnal com sua própria filha, que tinha sete anos de idade na época dos fatos (2017). Os atos criminosos teriam acontecido na casa do denunciado, durante as visitas quinzenais da vítima.

A determinação da pena levou em conta o fato de o réu ser pai da vítima e ter cometido os crimes de forma continuada e prevalecendo-se das relações domésticas. O homem não chegou a ser preso e poderá recorrer da sentença em liberdade.

Redação Página 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.
× Fale com o P1 News!