Ex-pastor é morto a tiros e facadas em Ponta Grossa. Autor foi preso em flagrante

Ex-pastor é morto a tiros e facadas em Ponta Grossa. Autor foi preso em flagrante

*Matheus de Lara

Ponta Grossa – Na tarde desta terça-feira (7), foi identificado o corpo da vítima esfaqueada e morta a tiros durante a madrugada, na Rua República do Panamá, Ronda, em Ponta Grossa.

Trata-se de Cristian Luiz Gonçalves Rosas de Oliveira, de 35 anos, ex-pastor da Assembleia de Deus, trabalhando atualmente como assistente administrativo.

Investigação

Polícia Civil coletou as primeiras informações e identificou vestígios e marcas de sangue no local em que supostamente os fatos ocorreram. Não demorou, foi preso em flagrante o possível autor dos disparos e facadas. Ele reside a alguns metros de onde aconteceu o crime.

O preso teria narrado que em datas anteriores, a vítima teria mexido com sua esposa e que, nesta madrugada, a vítima bateu na porta de sua casa. Muito alterada e empunhando um facão, passou a agredí-lo, tendo então revidado. Afirmou que a vítima teria deixado o local e em seguida retornado armada, realizando um disparo de arma de fogo, tendo a arma falhado no segundo disparo. Com isso, o suspeito derrubou a vítima de um barranco, não tendo mais visto o que aconteceu. No momento haviam varias pessoas na rua.

Além das contradições existentes na versão apresentada pelo preso, na delegacia foi percebido que o suspeito apresentava marcas de sangue e, inclusive, vestia duas camisetas.

O suspeito de 32 anos foi preso em flagrante pela prática de homicídio e segue à disposição da justiça.

Sepultamento

Cristian será sepultado na tarde desta quarta-feira (8) no Cemitério São Vicente de Paula, em Ponta Grossa. Ele deixa uma filha de 13 anos.

*Com Polícia Civil

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.