Corpo de construtor encontrado no Rio Tibagi apresentava ferimentos de arma de fogo

Corpo de construtor encontrado no Rio Tibagi apresentava ferimentos de arma de fogo

Matheus de Lara

Ponta Grossa – O corpo do construtor Vilson Roberto Delay, de 42 anos, que estava desaparecido desde o domingo (31 de outubro) foi retirado do Rio Tibagi, por volta das 16 horas desta quarta-feira (3), pela equipe de resgate do Corpo de Bombeiros de Ponta Grossa.

Durante a manhã, familiares teriam iniciados as buscas por conta própria no Rio Tibagi, quando localizaram o corpo com as mãos amarradas para trás. De acordo com informações apuradas pelo portal P1 News, o corpo estava boiando pela correnteza, dificultando o trabalho dos bombeiros. Para o resgate foi utilizado um barco aquático que iniciou as buscas na hora do almoço.

Em conversa com o tenente Santana, do 2° GB de Ponta Grossa, disse que o corpo foi localizado preso em galhos. “Encontrado 500 metros para baixo da ponte Kalinosli. O corpo estava com várias perfurações de arma de fogo, em face e tórax”, destaca o tenente.

Em seguida, Instituto Médico Legal (IML) esteve presente para recolhimento do corpo. Polícia Civil já investiga o que pode ter acontecido com Vilson.

Relembre o caso

Na manhã de segunda-feira (1°), populares acionaram a Polícia Militar depois que encontraram um veículo Renault Logan, de cor branca submerso no Rio Tibagi. O fato foi registrado na área rural de Ponta Grossa, na estrada do Kalinoski. De acordo com a PM, no local foram identificadas manchas de sangue e capsulas de pistola, e o veículo não apresentava alerta de furto ou roubo. O veículo foi levado para a 13ª SDP.

Pela rede social, a esposa de Vilson, Bianca Ferreira, fez uma publicação pela rede social. “Venho aqui pedir a todos que se virem Vilson Roberto Delay me chamem. Sumiu ontem (domingo) e não voltou. Acharam o carro dele no Rio Tibagi, mas não o encontram. Tinha sinais de sangue. Tô desesperada”, descreveu.

Foto: Ricardo Marcondes / Portal BnT Online

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.