Conduta de empresário está amparada em legítima defesa

Conduta de empresário está amparada em legítima defesa

Conduta de empresário está amparada em legítima defesa

Da Redação*

Ponta Grossa – Na manhã desta sexta-feira (14), a Polícia Civil em Ponta Grossa afirmou através do delegado Lucas Andraus que a arma utilizada pelo dono da loja de celulares, alvo de assalto na tarde de quinta-feira (13), está registrada.
O proprietário do estabelecimento, de 29 anos, estava atrás do balcão e reagiu, sacando sua pistola calibre 9mm, efetuando cinco disparos contra o assaltante.

O irmão do empresário, presente no local, acionou a Polícia Militar e o resgate. O Instituto de Criminalística também compareceu, com os peritos recolhendo o revólver utilizado pelo assaltante, e a motocicleta utilizada na ação.

O empresário, sua companheira e seu irmão prestaram declarações na 13ª Subdivisão Policial de Ponta Grossa. A arma de fogo utilizada pelo empresário também foi encaminhada à perícia e será restituída assim que o laudo for concluído. A conduta do empresário, de acordo com as informações colhidas, mostrou-se amparada pela legítima defesa, causa de exclusão da ilicitude.

O assaltante de 23 anos, já com passagens pela polícia, foi atuado em flagrante e se encontra na UTI do Hospital Regional de Ponta Grossa, sob escolta da Polícia Militar até eventual alta médica, quando será encaminhado à Cadeia Pública.

Nenhum funcionário da loja ficou ferido.

*Com 13ª SDP

Redação Página 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.
× Fale com o P1 News!