Polêmicas cívicas para o nosso futuro!

Polêmicas cívicas para o nosso futuro!

Eu fui Aluno e Professor de Escolas Públicas. Mas contemplo, com perplexidade, a notícia de que a REVOGAÇÃO DO ATUAL MODELO DE ESCOLAS CÍVICO-MILITARES IMPLANTADAS NO PAÍS será uma das metas do Partido dos Trabalhadores, de acordo com a Professora e Sindicalista Maria Teresa Leitão de Melo, Coordenadora de Educação do PT Nacional. Samantha Hedges, professora da Universidade de Indiana, que tem Ph.D. em Política Educacional, comentou, em recente artigo publicado no Portal CITY JOURNAL, que noções sobre disciplina, organização, responsabilidade e respeito a Valores Pátrios são importantes para as Escolas. 25 Estados e o Distrito Federal já possuem Escolas Cívico-Militares. Elas não são “colégios militares”, Direção e Corpo Docente continuam geridos por Secretarias Estaduais ou Municipais de Educação, não há seleção de alunos para ingresso. O que está incomodando, na verdade, não são as noções cívicas-instrutivas do modelo, mas a presença de Oficiais e Praças, inativos, das Polícias, Corpos de Bombeiros ou Forças Armadas, transmitindo noções “emancipatórias” a jovens alunos, que, por escolha própria, ainda acreditam que há futuro para eles e para suas famílias!

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.