Filipe Barros pede fim de manobra da JBS na Procuradoria-Geral da República

Filipe Barros pede fim de manobra da JBS na Procuradoria-Geral da República

Da Assessoria

O deputado federal Filipe Barros enviou ofício ao Procurador-Geral da República, Augusto Aras, solicitando cópias de todos os autos do acordo de leniência de 2017, envolvendo o grupo frigorífico JBS, desde a apresentação da denúncia, as negociações e a assinatura do acordo, além de todos os documentos homologados nos autos do processo até o pedido de redução da multa do grupo JBS.

O objetivo de Filipe Barros é barrar a tentativa de redução de 90% da multa da JBS no Ministério Público Federal
e “é sabido que o escândalo de corrupção envolvendo a JBS atingiu o patamar de bilhões de reais e até hoje o Brasil sofre consequências econômicas e sociais do ocorrido, especialmente pelos feitos deletérios desses falsos líderes empresariais, Joesley Mendonça Batista e Wesley Mendonça Batista, que conspurcaram o nome do Brasil no exterior, sendo o golpe de maior oportunismo do século”, afirmou Filipe Barros.

Memória

Em 2017, a Procuradoria-Geral do Distrito Federal firmou acordo de leniência com as empresas do Grupo JBS, de Joesley Mendonça Batista e Wesley Mendonça Batista, restando acordado que a empresa pagaria a quantia de R$ 10,3 bilhões de reais ao Erário.

Recentemente, a leniente J&F Investimentos (controladora da JBS) recorreu ao Conselho Institucional do Ministério Público Federal na tentativa de reduzir o valor da multa para R$ 1,3 bilhão, com a alegação de não ter se posicionado contrário aos valores à época, por ter assinado o acordo diante da pressão de parceiros comerciais e da opinião pública.

O julgamento do pedido da J&F está na alçada administrativa do MPF.
“Não podemos aceitar esta situação. Por isso, aguardamos manifestação favorável da PGR para pedirmos uma análise maior da documentação”, ressaltou o deputado federal Filipe Barros.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.