Deputada Mabel pede providências à Sesp em razão da atuação de milícias armadas no Distrito de Socavão

Deputada Mabel pede providências à Sesp em razão da atuação de milícias armadas no Distrito de Socavão

Da assessoria

Curitiba – Nesta segunda-feira (07), a Deputada Estadual Mabel Canto (PSC), protocolou na Assembleia Legislativa do Estado do Paraná (ALEP-PR), requerimento sobre as disputas de terra e propriedades no Distrito de Socavão, em Castro, local onde vivem cerca de 2 mil famílias, as quais sofrem ameaças de uma milícia armada que se instaurou na região. Mabel pede providências da Secretaria de Segurança Pública para que a situação seja resolvida e confrontos sejam impedidos.

O Sindicato Rural de Castro informou que a área em que estão sendo registradas as disputas contêm cerca de 709 imóveis rurais. Ainda segundo o sindicato, por conta da disputa por imóveis na região, instaurou-se no local uma milícia armada, a qual pretende expulsar famílias que ocupam imóveis de forma mansa e pacífica há anos.

Mobilização já é objeto de Inquérito Civil instaurado pelo Ministério Público Estadual. Diante das ocorrências registradas no Distrito de Socavão, a Deputada Mabel Canto enviou um pedido de informações ao Secretário de Estado da Segurança Pública e Administração Penitenciária, Romulo Marinhos Soares, indagando quais são as providências tomadas pela pasta por meio da Polícia Civil e Militar. De acordo com Mabel, medidas devem ser feitas para que haja uma solução no conflito e eventuais confrontos violentos sejam impedidos. “Estamos preocupados com a situação que as famílias do distrito do Socavão estão passando. Todos os dias com medo de serem retiradas à força ou de terem sua integridade física ameaçada. Trata-se de uma violência sem tamanho. Essa disputa de terras deve ser tratada pelo poder judiciário e pedimos que o governo do estado intervenha na questão”, disse.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.