Obras do Governo do Estado nos municípios ultrapassam R$ 900 milhões

Obras do Governo do Estado nos municípios ultrapassam R$ 900 milhões

AEN

Somente nos dois primeiros meses de 2021, o Governo do Estado destinou R$ 397 milhões para o pagamento de obras e ações nos municípios paranaenses. O valor faz parte de um montante de R$ 928 milhões, coordenados pela secretaria estadual do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, para a execução de 988 projetos em 324 cidades, incluindo recursos do Tesouro do Estado, de linhas de crédito e contrapartidas municipais.

Os investimentos ajudam a viabilizar a instalação de 74 unidades do programa Meu Campinho, 34 barracões industriais, terminais de transporte, paços municipais, reformas e construção de escolas, creches, unidades de saúde, ginásio e quadras esportivas e quase 6 mil quilômetros quadrados de ruas pavimentadas, somando asfalto novo e recapes.

Além das obras, que se encontram em diferentes estágios de execução, R$ 35 milhões foram aplicados para a aquisição de 132 veículos e 69 equipamentos rodoviários. Os investimentos da Secretaria do Desenvolvimento Urbano também ajudam os municípios a elaborarem seus planos diretores, o que contribui com o planejamento urbano das cidades paranaenses. Com esses recursos,   19 cidades estão desenvolvendo seus planos diretores e outras duas os planos de mobilidade.

O governador Carlos Massa Ratinho Junior destacou que, mesmo com a pandemia, o Governo do Estado não deixa de investir nos municípios. “Um dos nossos planos para ajudar na retomada econômica do Paraná, depois de todo impacto da emergência de saúde pública, é a liberação de recursos para executar essas obras. Além de deixar as cidades mais bonitas e garantir a prestação de serviços públicos para a população, as obras movimentam a economia e geram muitos empregos”, afirma.

“Cada ação que se completa gera melhorias importantes à população. Promover o desenvolvimento urbano é beneficiar o morador com mais qualidade de vida, desde um asfalto melhor em frente à sua casa, até o bom acesso ao trabalho e aos serviços públicos”, afirma o secretário estadual do Desenvolvimento Urbano e de Obras Públicas, João Carlos Ortega. “Esses projetos facilitam o acesso à saúde, à educação e ao lazer. Também significam o apoio à produção industrial e a geração de emprego e renda na comunidade, com o estímulo à economia local e regional”.

AÇÕES

Das 988 ações da secretaria nos dois primeiros meses do ano, 476 estão em execução; 51 receberam seus cronogramas; 10 receberam a aprovação técnica; 173 a autorização para licitação e 35 foram liberadas para a contratação dos fornecedores de produtos ou serviços, enquanto outras 162 tiveram seus contratos assinados. Outras 81 já foram concluídas e liberadas para uso da população.

Grande parte desses projetos conta com recursos a fundo perdido, repassados diretamente do Tesouro do Estado para o caixa dos municípios. São R$ 392,6 milhões de transferências diretas, voltadas para 662 ações. Os outros R$ 537 milhões foram financiados para a execução de 326 obras e projetos. As linhas de crédito são da Fomento Paraná e do Banco Regional de Desenvolvimento do Extremos Sul (BRDE).

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.