Solenidade de Aparecida – Festa marcada pela Fé e Gratidão

Solenidade de Aparecida – Festa marcada pela Fé e Gratidão

Renato de Oliveira

Uma festa marcada pela devocão, fé e gratidão. Essa foi a tônica presente na missa solene em honra a rainha e padroeira do Brasil, Nossa Senhora da Conceição Aparecida, durante celebração no parque Lacustre, em Castro, na manhã de terça-feira (12).

Antes mesmo do início da celebração, devotos das quatro paróquias locais- Sant’Ana, Rosário, Perpétuo Socorro e São Judas Tadeu, saíram das suas comunidades em procissão festiva em direção ao Lacustre, onde já se concentravam outras centenas de pessoas, muitas delas vindas de capelas e comunidades do interior. No palco central, ao lado da imagem de Aparecida, sacerdotes concelebraram a missa solene que foi presidida por padre Adriano Sacardo – eleito recentemente como Superior Provincial da Congregação Cavanis no Brasil.

Diferente de anos anteriores, os cânticos litúrgicos ficaram a cargo de sacerdotes. Padres Franco (São Judas), Álvaro (Sant’Ana) e Frei Osmar (Rosário), animaram a celebração. Apesar do dia amanhecer nublado, com possibilidade até de chuvas, devotos compareceram em bom número, boa parte deles saudosos das celebrações presenciais. O que se viu, foi que todo o protocolo imposto pela Covid-19 – distanciamento social e uso de máscara, foi rigorosamente respeitado. A dona de casa Ivone Gomes, da paróquia do Rosário, revelou para a reportagem logo ao final da celebração, a sua alegria em poder participar dessa festa católica. “Me sinto muito feliz e agradecida por poder estar hoje aqui, celebrando nossa padroeira”, destacou.

Coroação da padroeira

Carregando bandeirolas nas cores branco e azul- alguns devotos compareceram no parque vestindo camisetas com estampas da imagem da padroeira. Ao final do momento eucarístico, a exemplo da última celebração, barqueiros encenaram o resgate de uma réplica da imagem da Santa nas águas do lago Lacustre, como ocorreu no ano de 1.717, quando a imagem de Nossa Senhora da Conceição Aparecida foi recolhida do Rio Paraíba do Sul. Levada para o palco principal pelos próprios barqueiros, a imagem deu lugar para a dona de casa Aurelina Nunes, de 79 anos que pela segunda vez personificou a imagem da Santa e apareceu vestida com o manto de Nossa Senhora Aparecida, emocionando a todos. Devota fiel da Santa, ela mesmo também se emocionou.

A sua coroação, feita pelos próprios barqueiros, simbolizando as figuras de Domingos Garcia, Felipe Pedroso e João Alves, pescadores que resgataram a imagem de barro da santa de Aparecida, encerrou a solene festa da padroeira do Brasil, em Castro.

Dia da Criança e passeio ciclístico

Já no período da tarde, as atividades no Parque Lacustre foram voltadas para o Dia das Crianças, festejado também no feriado do dia 12. Brinquedos infláveis, cama elástica, mini futsal e mini vôlei, basquetebol e ainda tênis de mesa, fizeram a alegria da criançada. Ao final da tarde, um passeio ciclístico reuniu as famílias e encerrou o Dia de Aparecida e o Dia da Criança, em Castro.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.