Procissão pelas ruas foi cancelada na Sexta-feira Santa

Procissão pelas ruas foi cancelada na Sexta-feira Santa

Matheus de Lara

Nesta sexta-feira (2), a tradicional Celebração da Paixão do Nosso Senhor, com procissão pelas principais ruas da cidade, não acontecerá por conta da pandemia da Covid-19. Para os católicos, a data e toda a Semana Santa que antecede a Páscoa, marca o início da renovação da fé, que tem como objetivo levar a esperança da ressurreição de Cristo.

Em entrevista à reportagem do Página Um News, o pároco da Igreja Matriz Sant’Ana de Castro, Martinho Luiz Hartmann, disse que “após o domingo de Ramos, damos o início à Semana Santa, e para nós cristãos é a semana central da liturgia católica, a mais importante do ano litúrgico, quando se celebra de modo especial os mistérios da paixão, da morte e também da ressurreição de Cristo. Já o Sábado Santo, a igreja na sua espiritualidade permanece junto ao sepulcro do Senhor, meditando sua paixão e também a sua morte, e a sua descida a mansão dos mortos, para anunciar também a salvação aqueles. A igreja espera na oração e no jejum, a ressurreição do Senhor. A Vigília Pascal é em honra a Cristo, é levar a religiosidade para que os fiéis sempre possam celebrar como muita fé, amor e esperança esse grande momento”.

Para Martinho, a Páscoa é o dia mais importante. “Depois que Jesus morreu crucificado, o corpo de Cristo foi sepultado e ali permaneceu até a sua ressurreição. Isso é Páscoa, que significa passagem da escravidão para a liberdade, ou seja, uma vida nova, a vida venceu a morte, com isso a Páscoa é a grande festa cristã, celebrando a sua ressurreição sobre a sua vitória, tendo como passagem transformadora em nossas vidas”, descreve o pároco.

Em mais um ano a Páscoa será celebrada em meio a pandemia, e com esse foco o Pároco Martinho traz a mensagem para as famílias. “Esperança, a certeza de que com a Páscoa e com a ressurreição de Jesus, ele nos garantiu a vida eterna, mas uma vida que é transformada lá na presença do criador. Com isso, à todas as famílias enlutadas, àqueles que perderam seus entes queridos, a Páscoa traz esta esperança, a garantia de que um dia nós encontraremos todos. A mensagem da Páscoa desse ano é de encorajamento, pois nós também estamos passando por um momento de dor, sofrimento e angústia; mas sempre Deus está conosco, nós venceremos e teremos a vitória”.

Programação

Na Igreja Sant’Ana, as celebrações da Sexta-feira Santa acontece às 7 horas com o início da ‘Vigília de Oração’, e a partir das 15 horas, a Celebração da Paixão. No sábado (3), às 18 horas, acontece a Vigília Pascal e no domingo (4), às 9 horas, a Santa Missa de Páscoa. Pelos critérios sanitários, os fiéis que quiserem acompanhar as celebrações só poderão entrar com convite.

Foto: Reprodução

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.