HOMENAGEM: Estrada das Pedras passa a se chamar Rodovia do Leite Dionisio Bertolini

HOMENAGEM: Estrada das Pedras passa a se chamar Rodovia do Leite Dionisio Bertolini

Da Redação

A cerimônia poderia ser só entre a família, mas devido a importância da homenagem e o que o empresário Dionisio Bertolini (in memorian) representou e ainda representa para Castro e região, quis os filhos Paulo e Marcos Bertolini, diretores do Grupo Calpar, dividir esse reconhecimento junto a amigos, através de um almoço para 350 pessoas e, em especial ao deputado Hussein Bakri, autor da lei nº 20.869 de 2021, que nominou a antiga Estrada das Pedras como sendo Rodovia do Leite Dionisio Bertolini.

Antes de descerrar o quadro com a lei, emoldurada, Marcos Bertolini contou a trajetória de sucesso de seu pai. Em três momentos de sua fala emocionou-se, e teve que conter as lágrimas.

Na sequência, coube ao deputado Bakri agradecer a acolhida de todos, em especial aos irmãos Paulo e Marcos, assim como toda a família Bertolini, através da matriarca Helga Pusch Bertolini, presente à cerimônia.

Em rápida entrevista ao Página Um News, Helga disse que essa homenagem era mais que merecida e se sentia feliz pelo reconhecimento dado ao seu marido.

Marcos Bertolini destacou que “não é fácil falar do pai, é uma pessoa marcante em minha vida e eu tive a felicidade por quase 30 anos trabalhar com ele e com o meu tio. Hoje, reler a história dele, tudo o que passou, mexe muito com a gente. E esse momnento é importante não só para lembrar a memória dele, o que ele fez, mas também, pelo agradecimento ao deputado Hussein Bakri, a atitude dele de propor o nome da rodovia de Dionisio Bertoli, e nós vamos ter esse reconhecimento com ele, e hoje era o momento de mostrar a nossa gratidão”.

Deputado Hussein Bakri entrega lei a Helga Bertolini

Paulo Bertolini, por sua vez, disse que “a gente agradece ao Bakri pela iniciativa, ao governador por sancionar a lei, a Assembleia Legislativa do Paraná por votar por unanimidade, o que nos deixa muito feliz”.

Também destacaram a atuação do empresário Dionisio Bertolini que nos deixou em março de 2021, o comandante do 1º BPM, Marcos Ginotti Pires; o ex-prefeito Reinado Cardoso, o empresário Izidro Constantino Guedes; o presidente da Cacicpar, Lino Lopes, entre outras lideranças.

Almoço para mais de 350 pessoas
oto com a família Bertolini

Trajetória de Dionisio

Dionisio Bertolini nasceu em 16 de novembro de 1939 em Santo Antônio da Platina. Foi casado com Helga Marisa de Carvalho Pusch, com quem teve três filhos, Paulo Antonio, Mario Bernardo e Marcos Roberto. Seus pais, Mario Bertolini e Aparecida Bolognesi, eram filhos de imigrantes italianos que tinham fazenda de café no norte do Paraná, em Ubá, na região entre Santo Antônio da Platina e Jacarezinho.

A sua família veio para Castro por recomendação médica, pois quando menino começou a ter problemas respiratórios. O clima seco do norte do estado não fazia bem a Dionisio e era preciso mudar de ares. Primeiro foram para Ponta Grossa e, depois, vieram para Castro. Aqui, a saúde de Dionisio se recuperou completamente.

Chegaram em novembro de 1955. Dionisio tinha terminado a 1ª série do ginásio e continuou seus estudos no Colégio Diocesano de Santa Cruz. Castro logo passou a ser sua cidade do coração, um terreno fértil com grandes promessas para seu espírito inquieto e empreendedor e que lhe conferiu posteriormente o título de Cidadão Honorário, o que foi motivo de muita honra.

Já em 1956, aos dezessete anos, montou com a família seu primeiro negócio, uma lavanderia nos fundos da casa e nesse mesmo ano, seu pai comprou a panificadora Esmeralda, onde trabalhava ativamente. Desde lá, nunca mais parou de empreender. Poucos anos depois, montou uma oficina e revenda da Volkswagen, iniciou na agricultura e no final dos anos 60 entrava na mineração, fundando a Calpar, onde teve importantes sócios, mas principalmente seu irmão José Bertolini, o Zeca, companheiro nos negócios e no trabalho. Foram várias as atividades empresariais que desenvolveu, como transportadora, construtora, carvoaria, agroindústria, metalúrgica e também com outras participações societárias em indústrias químicas, sem nunca deixar a atividade agropecuária. Mesmo com tudo isso, ainda deixou a Termas Riviera, cujo futuro está sendo preparado com muito carinho e com vários projetos, pois era a menina dos olhos de Dionisio.

Castro e seu povo receberam Dionisio Bertolini de braços abertos e lhe deram oportunidade e meios de se tornar o empresário exemplar que conhecemos. Ele retribui isso trazendo emprego e fomentando o progresso e crescimento de nosso Município, trabalhando intensamente, vivendo em comunidade, atuando na sociedade e participando ativa e voluntariamente da vida pública para o benefício de todos.

Infelizmente, Dionisio faleceu em 13 de março de 2021. Foi uma enorme perda para seus familiares e amigos e sua falta causou imensa tristeza a todos. Nosso consolo, é que agora, com certeza, ele está em uma nova missão, contratado por nosso Pai Criador.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.