Greve do transporte coletivo termina na segunda-feira em Castro

Greve do transporte coletivo termina na segunda-feira em Castro

Luana Dias

No 11º dia de greve, trabalhadores do transporte coletivo de Castro aceitaram a proposta da Viação Cidade de Castro (VCC), e anunciaram a retomada das atividades para a partir de segunda-feira (5). O anuncio foi feito nesta quinta-feira (1º), pelo Sindicato (Sintropas-PG) que representa a categoria e que comandava o movimento grevista. De acordo com a entidade, a greve foi encerrada em resposta a um projeto da prefeitura do município que tem como intuito resolver os problemas do transporte coletivo na cidade.

A reportagem não conseguiu conversar com a VCC para saber detalhes da proposta apresentada aos trabalhadores e do projeto feito pela prefeitura, mas sabe-se que a causa da greve foi justamente o descumprimento, por parte da empresa, dos acordos feitos em fevereiro de 2020, além disso, o pagamento dos funcionários vinha sendo efetuado em quatro parcelas no mês, conforme o Sindicato.

Em entrevista ao Página Um News, há pouco mais de uma semana, o advogado da VCC explicou que os atrasos ocorreram porque a atividade havia se tornado insustentável para a empresa, com as dificuldades da pandemia, alta no preço de insumos e mudanças de mercado. A empresa inclusive, protocolou um pedido de repactuação de contrato e de deferimento de subsídio junto a prefeitura.

Medidas alternativas e penalidades

Na quinta-feira (1º) a reportagem conversou com a Procuradoria do município, junto a qual levantou informações sobre o período em que o transporte coletivo esteve paralisado no município. A prefeitura chegou a notificar a VCC, que segundo a Procuradoria, ainda poderá ser penalizada em razão da notificação, por ter deixado de prestar serviço, descumprindo o contrato.

Ao notificar a empresa, a prefeitura também anunciou que teria alternativas para o transporte coletivo do município, se os trabalhadores da VCC não retomassem a atividade. Esta alternativa seria, segundo a Procuradoria, um plano de contingência baseado no credenciamento de empresas do setor, para executarem a atividade em Castro.

O setor também foi questionado sobre o pedido de repactuação de contrato, feito pela VCC, e explicou que para responder, a prefeitura está aguardando a apresentação de demonstrativos de insumos que foram solicitados à empresa.

Foto: Divulgação / Prefeitura de Castro

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.