Castro fecha mês com 132 mortes por Covid, 40 somente em abril

Castro fecha mês com 132 mortes por Covid, 40 somente em abril

Matheus de Lara

O avanço lento da vacinação e a chegada de mais uma onda de frio nas próximas semanas vem preocupando diversos especialistas. Após o mês de abril ser considerado o mais letal da pandemia de coronavírus e do Brasil passar dos 400 mil mortos essa semana, o município de Castro fecha o mês com grande salto no número de óbitos.

Somente em 30 dias, a cidade registrou 1.335 casos e 40 óbitos. Em comparação ao mês de março, que registrou 22 mortes, foram 18 óbitos a mais. No relatório mais recente divulgado pela Secretaria Municipal de Saúde, nesta sexta-feira (30), Castro computou 73 casos e dois óbitos, de duas mulheres com 60 e 55 anos. Com os dados atualizados, desde o início da pandemia foram confirmados 7.497 casos e 132 óbitos.

Do número de pacientes que estão na Unidade de Pronto Atendimento (UPA), aguardando leitos de UTI ou clínico para tratamento da doença, um paciente espera vaga na Unidade de Terapia Intensiva e um aguarda desocupação de leito clínico.

Até o momento, 6.903 pessoas já se recuperaram, 401 seguem em isolamento domiciliar, 37 estão internadas em leito regular e 22 internadas na UTI. Há também, 100 casos em análise e 37 foram descartados.

Hospital Cruz Vermelha

Sobre a ocupação de leitos no Hospital Cruz Vermelha de Castro, até esta sexta-feira, 100% das 12 vagas de UTI estavam preenchidas. Já as 30 vagas de leito clínico da unidade, 27 permaneciam ocupadas.

Vacinação

Neste sábado (1º), das 9 às 11 horas idosos com 62 anos ou mais devem se apresentar no Terminal Rodoviário da Vila Rio Branco em sistema Drive-Thru, para receber a primeira dose da AstraZeneca. É preciso apresentar no dia da vacinação: CPF, Cartão Sus e Carteira de Vacinação. Idosos acamados devem agendar a vacinação através do telefone (42) 99915-5932.

Já receberam a primeira dose da vacina Coronavac e AstraZeneca, dentro dos grupos prioritários, 9.131 pessoas, das 9.205 doses recebidas. Quanto à segunda dose da Coronavac e AstraZeneca, das 5.825 recebidas, 5.220 pessoas já tomaram a vacina.

A vacinação da segunda dose da AstraZeneca, varia de acordo com o calendário da primeira dose, ou seja, para ser aplicada pela segunda vez o intervalo é de três meses.

Foto: Divulgação / Getty images

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.