Até domingo 9.984 castrenses já tinham transmitido informações para declaração do Imposto de Renda ano-base 2020

Até domingo 9.984 castrenses já tinham transmitido informações para declaração do Imposto de Renda ano-base 2020

Luana Dias

Terminou às 23h59 desta segunda-feira (31), o prazo para declaração do Imposto de Renda de Pessoa Física 2021, referente ao ano-calendário de 2020. Em Castro, a previsão da Receita Federal era de que 10.786 contribuintes entregassem a declaração, um número pouco maior do que o total de declarações efetivadas no ano passado, quando 10.758 contribuintes do município prestaram contas ao Leão.

Até as 23h59 do domingo (30), 9.984 castrenses tinham transmitido a declaração, ou seja, mais de 800 contribuintes que residem no município deixaram para enviar as informações no último dia, ou perderam o prazo. Se considerada a região de jurisdição da Receita Federal de Ponta Grossa, que abrange Castro e outras 63 cidades, 216.387 declarações já estavam no sistema da Receita Federal, até final da noite de domingo (30), isso significa que 96% do número de declarações esperadas para este ano já tinham sido concluídas.

De acordo com o delegado titular da Delegacia da Receita Federal (DRF) de Ponta Grossa, Demetrius de Moura Soares, essa demanda maior, gerada no final do prazo disponibilizado, ocorre todos os anos no período de declaração do Imposto de Renda. “É um comportamento historicamente observado. O maior número de declarações sempre ocorre na última quinzena, foi assim no ano passado, quando a Receita Federal acabou estendendo o prazo por dois meses por conta da pandemia, e, desta vez, mesmo com a prorrogação do prazo em 30 dias, não está sendo diferente”, destacou.

Demetrius explicou também que os contribuintes que deixaram de entregar a declaração no prazo estabelecido pela Receita Federal estão sujeitos a multa por atraso, cujo valor começa em R$ 165,74 e pode chegar a 20% do imposto devido, ou de 1% ao mês, limitado a 20% do imposto devido. E, lembrou ainda que contribuintes que não cumprem o prazo também ficam com pendências no CPF, ficando impedidos, por exemplo, de abrir conta bancária e de comprar medicamentos através do Programa Farmácia Popular.

O delegado orientou ainda os contribuintes que fizeram a declaração, aproveitando o finalzinho do prazo, a acompanharem a declaração já enviada, até 48 horas depois. “O recomendado é que seja feito esse acompanhamento e que o contribuinte acesse o extrato da declaração no portal e-CAC, para verificar se não existem pendências, e caso haja, é possível fazer a ratificação”, ressaltou.

Restituição

O primeiro lote de restituição do Imposto de Renda 2021 foi disponibilizado pela Receita Federal nesta segunda-feira (31). O valor a ser restituído será depositado na conta informada no momento da declaração, e os contribuintes que devem receber são os que têm preferência, a exemplo, idosos com mais de 60 anos, pessoas que têm como fonte de renda preponderantemente o magistério, pessoas que sofrem doenças graves ou que são portadoras de necessidades especiais, além de contribuintes que entregaram a declaração no início do prazo estabelecido.

Desde o ano passado, a Receita Federal passou a fazer a restituição em cinco lotes, e não mais em sete, como ocorria antes. Sendo assim, as restituições neste ano ocorrem entre os meses de maio e setembro.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.