Operário é derrotado pelo CSA na Série B

Operário é derrotado pelo CSA na Série B

Da Assessoria

Ponta Grossa – O Operário Ferroviário foi derrotado pelo CSA-AL por 2 a 0, em duelo válido pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, no último sábado (17), no Estádio Germano Krüger. Com o revés, a equipe está na 9ª colocação, com 18 pontos, cinco vitórias, três empates e quatro derrotas.

O jogo

A primeira chance de perigo foi criada logo aos quatro minutos, após cobrança de falta, Pedro Ken encosta na bola de cabeça, mas Thiago Rodrigues fez a defesa. Durante o decorrer da primeira etapa, o jogo caracterizou-se pelo estudo, de ambas as equipes, no campo defensivo, sem criação de jogadas efetivas até o minuto 30. Em lance pela esquerda, Gabriel faz o corte na defesa mandante, arrisca de perna canhota e a tentativa vai para fora. Aos 38 minutos, após roubada de bola de Leandro Vilela, a chance chega nos pés de Marcelo que faz o toque na esquerda para Rafael Oller, o meia-atacante operariano domina de perna canhota e arrisca, mas o chute passa ao lado da trave do goleiro adversário. Nos minutos seguintes, o placar foi aberto em Vila Oficinas. Dellatorre tenta cruzar dentro da área e Vilela tira de cabeça, na sobra, a bola fica nos pés de Geovane que arrisca o chute de longe, a bola quica na frente do goleiro Simão e entra. Com a desvantagem no placar, o Alvinegro se lançou ao ataque. Em cobrança de falta, aos 44 minutos, Oller faz o cruzamento, que chega nos pés de Fábio Alemão, de primeira, o lateral-direito da noite bate firme e o arqueiro visitante defende. O primeiro tempo termina em desvantagem por 1 a 0.

Na etapa complementar, logo no primeiro minuto, Gabriel recebe livre, próximo da grande área, avança com a bola e finaliza colocado, mas Simão defende e manda a bola para escanteio. Encontrando uma defesa fechada no segundo tempo, o Alvinegro criou a primeira oportunidade aos 13 minutos. Após o rebote do goleiro, no chute de Marcelo, de fora da área, o atacante Schumacher finaliza, dentro da pequena área, a bola vai em direção ao gol, mas o zagueiro adversário faz o corte e a chance de gol é evitada. Depois da chance criada, o jogo não apresentou jogadas perigosas até o minuto 38. Em jogada ensaiada, Silva recebe na intermediária, arma a batida e chuta de longe, a bola passa próxima ao travessão adversário. O segundo gol da noite surgiu após contra-ataque da equipe alagoana. Aos 43 minutos, a bola chega no canto esquerdo, nos pés de Reinaldo. O atacante adversário carrega a bola, passa da marcação e finaliza no canto de Simão, que nada pode fazer. O Operário teve a chance de descontar, aos 48 minutos. Rodrigo Pimpão cruza em direção da área e encontra Rodolfo Filemon que cabeceia firme no gol, mas Thiago Rodrigues defende de mão cruzada e evita o gol do Fantasma. Desta maneira, a partida acaba em 2 a 0 para o adversário.

Avaliação do treinador

Em entrevista coletiva, após o confronto, o técnico Matheus Costa avaliou os aspectos do jogo. “Criamos inúmeras oportunidades de empatar. Tem que servir de aprendizagem, a competição está no começo, mas cada ponto é importante. A Série B é uma competição que você precisa minimizar os erros. Hoje, cedemos a vitória para o adversário, erramos o passe que culminou na origem do primeiro gol. Quem erra menos vence e estamos nos expondo de maneira desnecessária.”

Próximo jogo

Na 13ª rodada, o Operário viaja até Florianópolis-SC para enfrentar o Avaí, no Estádio da Ressacada, na quinta-feira (22), às 21h30.

Foto: André Jonsson/OFEC

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.