Fantasma recebe em casa o CSA pela Série B

Fantasma recebe em casa o CSA pela Série B

Matheus de Lara

Ponta Grossa – Em sexto lugar na tabela da Série B, com 18 pontos e cada vez mais próximo do G4, o Operário Ferroviário recebe neste sábado (17), às 19 horas, no Estádio Germano Kruger, a equipe do CSA pela 12ª rodada da competição. O Fantasma acumula ao longo do campeonato cinco vitórias, três empates e três derrotas, enquanto o visitante de Alagoas, em 13ª lugar com 11 pontos, tem um jogo a menos válido pela sexta rodada, somando cinco derrotas, dois empates e três vitórias.

Nesta partida a equipe ponta-grossense não vai contar com alguns atletas que seguem no departamento médico. Entre eles, Jean Carlo que se recupera de uma ruptura parcial do ligamento colateral medial do joelho direito; Felipe Garcia com lesão muscular grau I em dois pontos diferentes no anterior da coxa direita, ambos na fisioterapia; Rafael Bonfim com lesão no menisco lateral do joelho direito, pós-operatório em tratamento com a fisioterapia; Ricardo Bueno com lesão muscular grau II anterior da coxa direita, em transição com a preparação física; Paulo Sérgio e Lucas Mendes que estão com lesão muscular grau II no anterior da coxa direita e seguem tratamento com a fisioterapia; Tomas Bastos com ruptura parcial do ligamento cruzado anterior em tratamento com a fisioterapia; e Matheus Alemão com tendinite no joelho esquerdo e segue em tratamento.

Os atletas do Operário Fábio Alemão (zagueiro) e Djalma Silva (lateral esquerdo), deram entrevista coletiva na manhã de sexta-feira (16), para falar da próxima partida frente ao CSA. Fábio disse que a Série B é muito difícil, “muitas vezes achamos que o time que está abaixo da tabela vai ser uma partida mais fácil e muitas vezes é pelo contrário. Eles estão jogando a vida lá também, então a gente encara com muita seriedade cada jogo com muita luta e esperamos sair vitoriosos”. Alemão contou que o CSA vai vim com tudo nessa rodada. “Eles perderam a última rodada e vão tentar recuperar aqui, e provavelmente vai ser um jogo de bastante competitividade como são os jogos da competição”.

Para Djalma Silva, a partida vai ter muita concentração. “A equipe vai estar trabalhando o ponto fraco deles, matar as chances que tiver durante o jogo”. Segundo Djalma, o clima atrapalha bastante. O lateral esquerdo que começou a jogar ano passado no Fantasma ressalta esse fator, “senti muito frio, além da mudança de clima que é muito forte. A gente tem que aproveitar o máximo esse fator para que dentro de campo, o time saia com a vitória”, completa Silva.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.