Brasil: aqui político se dá bem sempre

Brasil: aqui político se dá bem sempre

O Brasil é um dos países onde é mais lucrativo ocupar-se em ser político. Se não é pelo Foro Privilegiado, é pelo Fundo Eleitoral, e se não é por nenhuma dessas vias, o político brasileiro ainda pode se beneficiar com a morosidade e com as controvérsias da Justiça, que faz com que as decisões mais inacreditáveis se tornem comuns e receptíveis país afora, em todas as esferas.

Para 2022, por exemplo, o recurso público reservado para as campanhas eleitorais é de R$ 4,9 bilhões. Para se ter ideia, o valor é doze vezes maior que o executado no Programa de Saneamento Básico do país em 2021. Num comparativo medíocre, dá pra citar o fato de que em 2020 quase 50% dos brasileiros ainda não tinham acesso a redes de esgoto, mesmo assim, o Congresso Nacional acha normal investir mais de quatro bilhões de reais na falação descabida e incoerente daqueles que, muitas vezes já tiveram a oportunidade de mostrar trabalho, e não mostraram. Pior que isso, alguns daqueles que mais saquearam o país, salvaguardados pelas prerrogativas legais, fazem jornada com recurso público em anos eleitorais.

Como é que o político brasileiro retribui tanta generosidade? Dando tapinhas nas costas do pobre em época de campanha…

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.