Vereador indica nome de Seo Willy Los ao Paço Municipal

Vereador indica nome de Seo Willy Los ao Paço Municipal

Emerson Teixeira

Carambeí – O vereador Diego Macedo apresentou na sessão de terça-feira (30) indicação à prefeita Elisangela Pedroso para que seja denominado ‘Paço Municipal Guilherme Los’ o prédio da Prefeitura Municipal, construído em 2020.
Macedo destacou que sua indicação é uma justa homenagem pela contribuição que “Seo Willy Los”, como era conhecido por todos, deixou para a comunidade com seu trabalho voluntário, no meio político e no cooperativismo, ele deixou um legado que merece esse reconhecimento”, destacou Macedo.

Quem Foi Willy Los

O Sr. Guilherme Los, mais conhecido como Willy, deixou um legado valioso, de muitas conquistas para o município de Carambeí. Descendente de holandeses, nascido em Carambeí, no dia 22 de setembro de 1930, trazia consigo heranças culturais dos imigrantes europeus, voltadas à religião, educação e cooperativismo. Sempre teve um cuidado especial com tudo que envolvia questões de desenvolvimento e crescimento do município.


Desde muito jovem, gostava de esportes. Foi nessa época que ele começou a atuar como juiz de jogos onde ficou por muitos anos incentivando crianças e jovens à prática de atividades físicas.


No ano de 1971, atuou como delegado, atendendo desde ocorrências mais simples do dia a dia, e situações mais graves que marcaram história na época. E, desde então, carregava o sobrenome “delegado” por onde passava. Diante de sua forma de conduzir as diligências, prezando sempre pela ética e pela justiça, teve um papel muito importante na área de segurança da cidade

No período de 1975 a 1981 trabalhou como Juiz de Paz, cuidando de todos os procedimentos, documentação e realizando casamentos civis marcando momentos importantes na vida de muitas pessoas de Carambeí.


Já em 1982, foi eleito vereador, com um total de 441 votos, onde também marcou história. Dentre muitas contribuições dessa época, destaque para a construção do posto de saúde e do posto telefônico do Catanduvas.
Em seguida, no ano de 1988, foi eleito suplente com 300 votos e teve oportunidade de trabalhar junto ao Parque de Máquinas de Carambeí.

Neste período conseguiu melhorias significativas que proporcionaram um avanço muito importante em vários aspectos da cidade, trazendo agilidade principalmente no transporte entre as áreas rurais e o ‘centro’ onde estava instalada a Cooperativa Batavo, contribuindo para a melhoria e desenvolvimento do agronegócio local.


Na antiga Cooperativa Batavo, atual frísia, também teve participação importante no desenvolvimento do cooperativismo, já que, como descendente de holandeses, sempre atuou na atividade de pecuária leiteira e passou a vocação para filhos e netos, os quais até hoje, atuam nessa atividade.


E, em 2000, encerrou sua participação na vida pública como candidato à vice-prefeito. Esse fato só confirmou o grande carinho e reconhecimento que a população tinha por ele e por sua forma de atuação.

Independente do “cargo” que ele ocupava, o que ele deixou de mais importante foi a sua humildade diante das situações e das pessoas. Tudo o que ele fazia era sempre com muita dedicação, insistência e amor. Não podemos deixar de citar que ele contava com apoio de muitas parcerias na época, o que contribuiu ainda mais para concretizar suas ações.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.