Tibagi inicia festejos da padroeira Nossa Senhora dos Remédios

Tibagi inicia festejos da padroeira Nossa Senhora dos Remédios

Da Assessoria

Tibagi – Os festejos dos 175 anos da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, em Tibagi, que iniciou na segunda-feira (18), segue até o dia da padroeira 27 de outubro. Patrona da paróquia e da cidade, Nossa Senhora dos Remédios é honrada com um feriado municipal.

A preparação espiritual será aberta com novena, às 19 horas, na igreja Matriz, celebrada pelo padre Alexandre Spena, vigário da Paróquia Nossa Senhora da Luz, de Irati. Neste domingo, começa também a venda dos bilhetes da ação entre amigos, que vai sortear 17 prêmios diariamente, até o dia 26. Os bilhetes podem ser comprados, a R$ 2, na secretaria, no plantão do dízimo durante as missas e com os agentes de pastoral.

“Os coordenadores de pastoral ficaram responsáveis por arrecadar os brindes e a maioria das pastorais se envolveu. Começamos os sorteios no domingo. Serão 17 prêmios, todos os dias, até o dia 26. No dia 27, vamos sortear os cinco melhores prêmios, entre eles os 10% do valor arrecadado com a venda, um carneiro e outros brindes que ainda estamos definindo”, explica Cristiane Kernicki Oliveira, integrante da comissão organizadora.

A cada noite da novena, serão dadas bênçãos especiais. Na segunda-feira, foi realizada a bênção das medalhas e imagens; no dia 19, as carteiras de trabalho; dia 20, água; dia 21, velas, em celebração com padre Edevaldo Carneiro; dia 22, chaves; dia 23, adolescentes e jovens; dia 24, terço; dia 25, as famílias e dia 26, as crianças.

Todos os padres convidados para celebrar já serviram na paróquia, como sacerdotes ou ainda seminaristas: Adevilson de Lara, Jorge Casimirski, Marcelo do Carmo, Rafael Moreira, Leonel Stanski, Janescleo Guimarães e Ezequiel Hul.

No dia da padroeira, 27 de outubro, ocorrem missas às 10 e às 15 horas. A missa solene será celebrada por Dom Sergio Arthur Braschi, às 19 horas.

História

A primeira igreja dedicada a Nossa Senhora dos Remédios, em Tibagi, foi construída no ano de 1836. A ‘capela curada’ era toda feita de madeira lascada de pinho e coberta de sapé e foi erguida na área doada por Manoel das Dores.

Foi a irmã mais velha de Manoel, Ana Anna Cardoza, conhecida por Ana Beje, quem saiu a cavalo em busca dos recursos financeiros necessários para a construção da igreja. Foi até Ponta Grossa, cavalgando com uma imagem de Nossa Senhora dos Remédios nas mãos, santa de devoção de Antônia Maria de Jesus, esposa falecida de Manoel das Dores.

Em 6 de março de 1846, após solicitações da comunidade, Tibagi foi elevada à Freguesia pela lei nº 15. Quanto a paróquia, consta no Livro Tombo de Castro, que a Nossa Senhora dos Remédios foi criada em 16 de maio de 1846 e instalada oficialmente em 1851. O primeiro pároco foi o frei Gaudêncio de Gênova, da Ordem dos Frades Menores Capuchinhos, que trabalhou na igreja de l846 até 1871, quando faleceu. Foi o religioso que iniciou a construção da capela de alvenaria e que mandou vir do Rio de Janeiro uma imagem de Nossa Senhora dos Remédios.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.