Publicitário Fernando Durante segue entubado, com quadro de Covid estável

Publicitário Fernando Durante segue entubado, com  quadro de Covid estável

Cleucimara Santiago

Ponta Grossa – É estável o estado de saúde do publicitário Fernando Durante, que encontra-se entubado na UTI do Hospital Geral Unimed, onde luta contra a Covid-19.

Além de Fernando, a esposa Fernanda, a sogra Maria Augusta e a cunhada Maria Paula também foram infectados.
Infelizmente, Maria Augusta Del Monaco, que completaria 83 anos nos próximos dias, não resistiu as complicações causadas pela Covid é veio a óbito. Ela faleceu no Hospital Unimed nesta terça-feira (23), e seu corpo foi sepultado no Cemitério Parque Jardim Paraíso, nesta quarta-feira (24), deixando um grande legado de ensinamentos e caridade aos seus entes.

Fernanda Durante, fragilizada, encontra-se em recuperação em casa.
Maria Paula De Monaco segue internada na enfermaria, com quadro de melhora.

Quadro clínico

Fernando, após um primeiro teste negativo, testou positivo para a Covid-19 na terça-feira (16). Na quinta-feira (18), ele deu entrada no Hospital Geral Unimed e na sexta-feira (19) foi transferido para UTI. Com o agravamento do quadro, precisou ser entubado na manhã do domingo (21) e segue internado.

Notícias

As notícias são atualizadas constantemente pela filha Marina Duarte em rede social, em respeito as pessoas que tem demonstrado carinho pelo empresário. Na terça-feira (23), ela publicou “notícias do meu pai… Ele segue na UTI, entubado, mas estável. Seus exames clínicos estão muito bons e o quadro infecioso dá sinais de redução, o que nos enche de esperança.

Temos certeza e fé que em breve ele sairá da respiração mecânica e, no tempo certo da sua recuperação, estará conosco. Seguimos agradecendo as orações e as mensagens de apoio, carinho e preocupação. Seguimos fortes”.

Adeus a Maria Augusta

Sobre a perda da avó, Marina publicou que “nessa nossa guerra, perdemos uma soldada agora. A maior, a melhor, a mais forte, a mais linda e a mais amada de todas! Segue em paz! Que o Juanito te receba com todo amor que vcs sempre tiveram! Muito obrigada por ser minhas melhores lembranças de infância! Muito obrigada por todos os pães de família com café, por todas as dormidas no meinho, pela gaveta dos netos, pela brevidade, por me deixar passar o lenço do vô vendo sessão da tarde, por cuidar de mim quando tive hepatite, por me fazer querer morar com você pra sempre. E assim seguimos! Pra sempre! Te amo!”.

Sério alerta

Marina fez um sério alerta através de redes sociais, na quinta-feira (18). “Uma atitude importa sim. Uma pessoa importa sim. A sua atitude importa sim. A Covid age em efeito cascata. Uma pessoa contaminada, pode derrubar famílias inteiras. Neste exato momento da minha vida, o que nunca imaginei está acontecendo. Uma única pessoa que, não por maldade, mas por ignorância, imaginou que, tendo contato com pessoas contaminadas não repassaria o vírus e achou melhor não falar e não se afastar, acabou contaminando toda minha família. Nesta exata hora, minha avó Maria Augusta está na UTI em estado grave [faleceu]. Meu pai, Fernando Durante está internado. Minha mãe Fernanda Durante está se recuperando de Covid em casa e minha tia Maria Paula Del Monaco Chaves está com Covid em casa. Por isso, além de oração por eles, peço: Fique em casa! Teve contato com alguém doente, fique em casa, se isole. Uma atitude, um único gesto pode mudar a vida de muitas pessoas. Assim como mudou a nossa. Seguimos fortes, com fé, em oração de que estão nas mãos de Deus e dos melhores profissionais de saúde”.

Um pouco de Fernando

Fernando Durante tem 62 anos, é produtor cultural, publicitário e apresentador de rádio e televisão, e sempre teve forte atuação na vida cultural ponta-grossense. A página de Cultura de Ponta Grossa registra um breve histórico de sua atuação no cenário político e cultural da cidade.

“Criou o Festival de Teatro do Colégio de Aplicação (FETECA), em 1973, e o Festival Universitário da Canção (FUC), em 1980. Entre 1989 e 1992, quando era diretor de Cultura da Prefeitura de Ponta Grossa, criou o Sexta às Seis e o Quarta Cultural, além de participar da organização das três primeiras edições da MünchenFest. É o único ponta-grossense a receber os prêmios de Melhor Ator (1978) e Melhor Espetáculo Infantil (1981), no Fenata. Atua com publicidade há quase 40 anos e é sócio fundador da Ideia Três Publicidade. Apresentou os programas Caminho das Pedras (TV Educativa) e Cidade Entrevista (Rede Massa/SBT). Membro da AMCG Cultura, representa a macrorregião dos Campos Gerais no Conselho Estadual de Cultura do Paraná. Atualmente é presidente da Fundação Municipal de Cultura, da FUNEPO/TV Educativa, do Conselho Municipal de Patrimônio Cultural (COMPAC) e do Conselho Municipal de Política Cultural. Também foi Presidente da Fundação de Cultura, no segundo mandato do prefeito Marcelo Rangel (2017-2020)”.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.