Debates são importantes, destacou prefeito Belich

Debates são importantes, destacou prefeito Belich

Da Assessoria

Palmeira – Na quarta-feira (28), a Secretaria de Assistência Social, através do Conselho Municipal de Assistência Social, realizou a 13ª Conferência Municipal de Assistência Social. Neste ano, devido a pandemia do Coronavírus, o evento foi realizado de forma virtual, com transmissão através da página do Facebook da Prefeitura e as reuniões dos grupos aconteceram pelo Microsoft Teams.

A Conferência teve como tema: “Assistência Social: direito do povo e dever do Estado, com financiamento público, para enfrentar as desigualdades e garantir proteção social”, com o objetivo de fortalecer e reafirmar a Assistência Social como política pública garantidora de direitos, bem como dar segmento a seu centro de atuação, que são os usuários. Quem não tivesse acesso à internet poderia assistir a Conferência no salão da Secretaria de Assistência Social.

O primeiro ato da Conferência no período da manhã foi a composição da mesa de autoridades, a qual contou com o prefeito Sérgio Belich, com o presidente da Câmara de Vereadores, Egon Krambeck, com o secretário de Assistência Social, Mário Wieczoreck, com a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Mayara Lúcia Martins, e com Raquel Soares Pires, representante da sociedade civil, segmento dos usuários no Conselho.
Para Belich o prefeito Sérgio Belich, “os debates que acontecem durante a Conferência, como o acesso aos serviços, as demandas reais, os direitos sociais e o controle social na perspectiva da política de Assistência Social, são extremamente importantes para melhorar cada vez mais a Assistência Social em nosso município e no país todo”, relatou o prefeito.

O presidente da Câmara, Egon Krambeck, também enfatizou a discussão realizada na Conferência. “Acho importante estarmos aqui para exercitarmos o nosso direito de discutir. Esse evento mostra que a sociedade está cada vez mais organizada para exigir seus direitos (…)”, disse Krambeck.

Para o secretário de Assistência Social, Mário Wieczoreck, “a Assistência Social, nos últimos tempos, tem sofrido muito com os descasos dos governos Federal e Estadual, por conta de cortes significativos de recursos. A união, por exemplo, diminuiu em mais de 50% os repasses e o Estado pouco contribui com nossas políticas, ainda mais em tempo de pandemia. Neste tempo, temos cada vez mais demanda de atendimento, porém cada vez menos recurso. Gostaria que os políticos e a população em geral olhassem com mais atenção e carinho para a Assistência Social, pois ela também é tão importante quanto saúde e educação”.

Antes de declarar oficialmente aberta a Conferência, a presidente do Conselho Municipal de Assistência Social, Mayara Lúcia Martins, falou sobre o papel das assistentes sociais. “Nós (assistentes) defendemos uma política que não é regida pela meritocracia e lutamos e garantimos um atendimento digno e profissional, equitativo e não preconceituoso aos usuários da assistência social”, destacou

Na sequência aconteceu a aprovação do regimento da Conferência, o qual conduziu todo o processo do evento, e foi realizada palestra magna, com o mesmo tema da Conferência, a qual foi conduzida por Lisiane Aparecida Hudzinski.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.