Curso de Fabricação de Queijos da UEPG está com inscrições abertas

Curso de Fabricação de Queijos da UEPG está com inscrições abertas

Da Assessoria


Ponta Grossa – A Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG) informa que as inscrições para a 13ª edição do Curso de Extensão em Fabricação de Queijos estão abertas até 16 de junho. O curso é vinculado à Escola Tecnológica de Leites e Queijos dos Campos Gerais (ETLQueijos).b O curso será realizado entre os dias 20 de junho a 30 de novembro, sempre aos sábados. Ao todo, serão nove encontros com 8 horas/aula cada (total de 72 horas) e o fechamento acontece com o 12º Workshop. O cronograma completo você confere aqui.

A qualidade do curso já foi reconhecida nacional e internacionalmente. Recentemente, uma egressa do curso conquistou as medalhas de ouro e bronze no Mundial de Queijos do Brasil, além do primeiro lugar no Concurso de Queijos do Paraná. O custo total do curso é de R$ 3.500,00 por pessoa (incluso vestimenta e calçados que serão utilizados durante as aulas práticas), os quais serão pagos em até quatro vezes de R$ 875,00. O pagamento será feito por boleto bancário que serão entregues no início do curso. Existe também a possibilidade da participação de módulos individuais ao custo de R$ 1.000,00.

As inscrições podem ser feitas de maneira online, com o preenchimento do formulário disponível aqui. As aulas são realizadas no Campus Uvaranas da UEPG.

Demanda por profissionais capacitados foi a origem da criação da ETLQueijos

A Escola Tecnológica de Leites e Queijos dos Campos Gerais foi criada em 2007. De acordo com o seu coordenador, o professor Alessandro Nogueira, docente do curso de Engenharia de Alimentos da UEPG, existia uma demanda, na época, por profissionais qualificados. “Nossa missão é formar e capacitar profissionais para atuarem na produção de queijos finos, com ênfase nas técnicas francesas, mas com uma pitada brasileira. Oferecemos cursos de extensão, pesquisa e pós-graduação, sempre buscando aprimorar o conhecimento e as técnicas utilizadas pelos nossos alunos”, explica o coordenador.

Com uma demanda crescente e com cases de sucesso, a ETLQueijos demonstra o potencial da região para se tornar polo de produção de queijos finos de alta qualidade. “Acredito que o futuro da produção de queijos no Paraná é muito promissor. Temos uma bacia leiteira de excelência, mão de obra qualificada e um mercado em crescimento. Com investimento em pesquisa e inovação, podemos conquistar ainda mais espaço no mercado nacional e internacional”, finaliza o professor Nogueira.

Redação Página 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.
× Fale com o P1 News!