Carambeí se despede de Alci Pedroso

Carambeí se despede de Alci Pedroso

*Luana Dias

Foi sepultado na manhã de segunda-feira (14), o corpo do ex-prefeito de dois mandatos em Carambeí, Alci Pedroso de Oliveira, aos 68 anos. Alci morreu na manhã de domingo (13), no Hospital Santa Casa de Misericórdia, um dia depois de passar por cirurgia cardíaca para desobstruir uma artéria. Segundo o que a reportagem do Página Um News apurou, ele sofreu infarto do miocárdio, ou ataque do coração, vindo a óbito às 7h20.

O velório do ex-prefeito ocorreu no Centro de Convivência do Idoso, de onde o corpo seguiu em cortejo para o cemitério, sobre um caminhão do Corpo de Bombeiros Comunitário, e acompanhado de centenas de moradores de Carambeí, familiares, amigos de Alci e de viaturas da Polícia Militar e Detransede. O sepultamento foi realizado no Cemitério Municipal do Boqueirão e durante todo o tempo, foi acompanhado por muitas pessoas. A morte do ex-prefeito gerou grande comoção na cidade e nas redes sociais.

Bastante emocionada, a prefeita Elisangela Pedroso, filha de Alci Pedroso de Oliveira, fez um breve discurso, agradecendo pelo apoio dos carambeienses e destacando características de seu pai. Ela afirmou, por exemplo, que o pai costumava se preocupar com a população e com a cidade, mesmo não tendo mais ligação direta com a política local. “Essa eleição foi para honrar teu nome”, disse ela.

Durante o velório de Alci, foi realizada exposição de fotos e objetos do ex-prefeito que fizeram parte da época em que foi prefeito, materiais de campanhas e fotos da família.

O ex-prefeito de Carambeí deixa três filhas, Elisangela, Gisele e Gabriela, além do filho Carlos. Mauro, que seria o quinto filho, morreu no ano de 2002, em acidente de trânsito na PR 151.

Política

Alci fez história ao ser eleito em 1996 o primeiro prefeito de Carambeí, e no ano seguinte, ao comandar o município, então emancipado de Castro. Quatro anos antes, Alci se destacava ao se eleger vereador com votos conquistados no então distrito, e ganhava holofotes pelo seu trato com a população mais simples e por trabalhar nos bastidores a emancipação de Carambeí, que não obteve resistência por parte do então prefeito de Castro, Rivadávia Menarim. O autor do projeto de emancipação na época, foi o deputado estadual e presidente da Assembleia Legislativa do Paraná, Aníbal Khury, já falecido.

Carambeí

Devido a morte do ex-prefeito Alci Pedroso de Oliveira, a prefeitura de Carambeí decretou suspenção das atividades administrativas no Paço Municipal na segunda-feira (14), e luto oficial de sete dias. Assim como hasteamento das bandeiras a meio mastro na cidade, pelo mesmo período.

*Com Sandro Adriano Carrilho

Foto: Divulgação / Danilo Kieltika

Foto 2: Divulgação / Facebook Pessoal

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.