Amadeu Puppi UEPG bate recorde de atendimentos em abril

Amadeu Puppi UEPG bate recorde de atendimentos em abril

Da Assessoria

Ponta Grossa – O Ambulatório Universitário Amadeu Puppi realizou no mês de abril 1.574 atendimentos, recorde desde o início das atividades sob a gestão da Universidade Estadual de Ponta Grossa, em setembro de 2023. De lá para cá, foram cerca de 10 mil atendimentos.

Em pouco mais de oito meses, o Ambulatório praticamente dobrou o número de consultas. No primeiro mês da abertura, em setembro de 2023, foram 849 atendimentos, enquanto em abril de 2024, o número saltou para mais de 1500, um aumento de 85%.

O Ambulatório, uma das três unidades de saúde vinculadas à UEPG, é referência no atendimento de 26 especialidades médicas em toda a região dos Campos Gerais, entre elas: neurologia, cirurgias pediátricas, clínica obstétrica e pediátrica, dermatologia, pneumologia, endocrinologia, gastroenterologia, neuropediatria, fonoaudiologia e outras. Além disso, o espaço abriga o Ambulatório de Gestação de Alto Risco e o Banco de Leite Humano.

Para o reitor da UEPG, professor Miguel Sanches Neto, a abertura do Ambulatório Universitário foi de extrema importância para a saúde de Ponta Grossa e região. “São várias especialidades que são atendidas por uma equipe ligada aos Hospitais Universitários e a academia, portanto, uma equipe extremamente qualificada. Além disso, é um local central e de fácil acesso para toda a população, o que dá melhores condições de atendimento de quem nos procura”, completa.

“Em todos os locais em que a UEPG entra, através dos seus Hospitais Universitários, ela amplia serviços, melhora a qualidade, a estrutura e o conforto. Além disso, ampliar os locais de atendimento de saúde é dar uma maior cobertura para o município. Estamos diminuindo filas nos HUs com uma melhor distribuição dos pacientes entre as três unidades”. Sanches enfatiza que essas ações conjuntas passam maior segurança para a população, pois sabem que por trás dos serviços existem profissionais competentes. “É uma equipe administrativa comprometida com a saúde de toda a população e sem vinculação político-partidária”, garante reitor da UEPG.

De acordo com a diretora-geral dos HU, professora Fabiana Postiglione Mansani, a abertura do Ambulatório Universitário Amadeu Puppi oportunizou a transferência de todos os ambulatórios de consultas clínicas, tanto adulto quanto pediátrico, para o novo espaço. “Com isso, foi possível ampliar a oferta de atendimentos a toda comunidade da 3ª Regional de saúde, bem como da 4ª e da 21ª, com médicos especialistas de referência. Mais de 1 milhão de pessoas atendidas em um espaço amplo de recepção e de consultórios, trazendo mais conforto e qualidade aos atendimentos”. A diretora destaca  também que esse o Ambulatório possibilita um maior espaço de aprendizado aos acadêmicos dos cursos da área da saúde da UEPG.

“O ambulatório na maneira como está estruturado é a primeira fase de um projeto maior, que é o Hospital Dia, em que no futuro poderemos ter pequenos procedimentos cirúrgicos sem a necessidade de internação, também dando mais agilidade para os nossos médicos”, finaliza o professor Miguel Sanches Neto.

Fluxo de atendimento

De acordo com o diretor do Ambulatório, Roni Rodrigues, o fluxo de atendimento da unidade tem início a partir do encaminhamento dos pacientes atendidos nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) dos municípios. “Após essas consultas, reguladas pela central de leitos do Governo do Estado do Paraná, os pacientes são encaminhados para o Amadeu Puppi, de acordo com as especialidades para o seu tratamento”, completa.

Redação Página 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.
× Fale com o P1 News!