Humor tem Limite?

Humor tem Limite?

Por Kelvin S. Gomes

Na terça-feira (5), o humorista Léo Lins foi demitido do SBT, onde fazia participações, comentários e piadas no programa The Noite, de Danilo Gentili, após fazer piada sobre uma criança com hidrocefalia e o Teleton – maratona da emissora que recebe doações em prol de crianças com deficiência.

Vale lembrar que o comediante não fez a piada na emissora, e sim compartilhou em suas redes sociais um vídeo, onde diz que o “único lugar com água no Ceará é na cabeça de uma criança com hidrocefalia que o Teleton auxilia”. Em apenas algumas horas, sofreu repúdio de internautas e da Associação de Assistência à Criança com Deficiência, órgão que o próprio SBT ajuda através do Teleton.

Léo Lins já é conhecido por fazer várias piadas preconceituosas e capacitistas, já pagou multas e indenizações por piadas expondo a influenciadora Thais Carla, a modelo plus size Bia Gremion e seu namorado transexual Lorenzo, e a cabeleireira trans Whitney Martins de Oliveira. Já causou polêmica com piada sobre a queda do avião da Chapecoense e terremotos do Japão. Vale salientar que ele não é o único polêmico do canal e do próprio programa, já que até Gentili também bate recordes de indenizações, e há alguns meses também causou polêmica nas redes sociais sendo acusado de pedofilia por conta de um filme que escreveu.

Mas o que fez Léo Lins sofrer as consequências de suas piadas apenas agora no SBT? Bom, ele esqueceu um pequeno detalhe ao compartilhar essa “piada” em suas redes sociais: Silvio Santos, dono majoritário do SBT e Ratinho, dono da afiliada do canal no Paraná, possuem netos com deficiência, que ganharam ajuda da AACD. Noah, o neto de Ratinho, aliás, possui hidrocefalia, a mesma doença sobre a qual Léo Lins fez piada.

Parece que após anos de polêmica, tudo que precisou foi tocar na ferida.

Redação Página 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.