Um mês sem óbitos por Covid-19 em Carambeí

Um mês sem óbitos por Covid-19 em Carambeí

Da Assessoria

Carambeí fecha a última semana de julho com registro de 31 casos ativos do Covid-19, um internamento e desde 29 de junho não há óbitos. A secretaria Municipal de Saúde comemora os dados positivos atribuindo a participação da população na campanha de vacinação. Das 18.635 pessoas da população estimada para receber o imunizante, 61,6% já estão vacinadas, dessas 19,3% completaram o ciclo com as duas doses e também dose única.

De acordo com a enfermeira responsável pela Atenção Primária a Saúde e da Secretaria Municipal de Saúde Tatiana Ricci, o esquema de vacinação que segue determinação do Ministério da Saúde apresenta resultado satisfatório. “Temos adesão de praticamente 100% da população, que desde o início da campanha comparece ao local de vacinação. A aplicação da segunda dose que alcança 2.402 pessoas também é uma resposta positiva e de comprometimento da população, nesse momento em que o controle da transmissão está na imunização de todos”, acentua Tatiana Ricci.

Ela ainda ressalta que há pessoas, em número baixo, que não comparecem na segunda dose, porém, as equipes de busca ativa têm conseguido realizar a vacina e completar o ciclo de imunização. Acrescenta que o sistema de vacinação adotado no município concentrado em um só local, na Rodoviária Municipal, onde a facilidade de acesso, localização e todo empenho das equipes envolvidas também contribuem para os excelentes resultados alcançados.

A enfermeira destaca que Carambeí já apresentou 180 casos ativos de Covid-19 em março e 156 em maio, os maiores picos registrados no município e atualmente contabiliza 31 casos e nenhum óbito desde o dia 29 de junho. “Essa diminuição verificada aqui em Carambeí assim como em todo estado é atribuída a vacinação. Os dados do dia 29 de julho apontam para 9.605 vacinados com a primeira dose, 2432 com as duas doses e 1.182 com dose única. Somados temos 11.487 vacinados”, comemora.

Tatiana Ricci, acrescenta que a vacinação mesmo completada o ciclo com as duas doses ainda requer cuidados como o uso de máscaras para evitar contagio com a variante Delta que pode se manifestar, mesmo que de forma mais leve, em indivíduos vacinados. “No Paraná, de acordo com dados da secretaria de Estado da Saúde, já foram registrados 16 casos com seis óbitos, na nossa região não foi registrado nenhum, mas devemos permanecer vigilantes tomando os cuidados de higienização das mãos e uso de máscara”, completa a enfermeira.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.