Passado da nossa civilização Os homens de antigamente

Passado da nossa civilização Os homens de antigamente

Capítulo três

A ciência fala que o homem de antigamente também precisava de alimentos e água para se manter vivo. Naquela época não existia empresa de distribuição de água encanada. A água era dos rios e lagos, não tinha supermercado, a sua carteira agrícola de alimentação era constituída por raízes, frutas, ovos das aves e ostras do mar. Não existia hotel, pousada ou lugar seguro para dormir e se proteger dos ataques dos animais. A sua vida era uma preocupação para encontrar alimentos, onde dormir e a maneira de se defender dos animais. Ao longo das margens dos rios havia caverna, primeira casa do homem primitivo, onde aprendeu a produzir e usar o fogo para se proteger contra o frio, dos animais e cozinhar os alimentos. Dura era a existência para o homem da caverna. Lembrar a vida do homem primitivo é mais uma vacina para melhor entender o mundo e se imunizar com a sabedoria: “Esperar, dar tempo ao tempo, para que as coisas aconteçam. O espinho de hoje será à flor de amanhã.”

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.