Tarja Preta

Tarja Preta

ESTRANHEZA
No dia em que o prefeito Moacyr Fadel parabenizou a prefeita Elizabeth, de Ponta Grossa, pela “coragem” em decretar o lockdown, disse também algo que causou certa estranheza: que os municípios, com exceção de Ponta Grossa, não possuiam transporte coletivo. Na verdade, Castro não só possui, como a VCC está em greve porque a empresa não consegue pagar o acordado com seus colaboradores e pede ajuda. A empresa alega que houve queda no transporte que desiquilibrou as contas, além de outros fatores.

REMENDO
Quem esteve na vacinação de idosos com 70 anos ou mais, na manhã desta quinta-feira (25), no terminal rodoviário da Vila Rio Branco, enfrentou grandes filas, e nada do protocolo de saúde ser seguido a risca. Era flagrante a desobediência quanto ao distanciamento. Vale destacar que, um dia antes, em seu pronunciamento, a secretária Municipal de Saúde, Lídia Kravutschke, disse que seria desnecessário pernoitar na fila, pois seriam distribuídas senhas e haveria vacina para todos. Só esqueceu que brasileiro gosta de fila.

HOMOAFETIVO
O assunto da confraternização de casamento, que gerou polêmica em Tibagi na semana passada, continua rendendo. Depois de uma pessoa se responsabilizar pela festa, receber a multa de R$ 557,75, e ficar por isso, a reportagem do P1 News confirmou que o evento celebrava a união, não de um casal, mas de duas mulheres. Até aí tudo bem, casamento homoafetivo não é novidade nos tempos de hoje, mas o fato de uma delas ser oficial da polícia militar, chama a atenção. Enquanto ela deveria dar exemplo, pois é uma autoridade, assim como seus convidados, o que se presenciou pela vigilância sanitária e da saúde, foi total descaso. Lamentável!

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.