TARJA PRETA

TARJA PRETA

Por Sandro A. Carrilho

FÁTIMA CANDIDATA
Depois de Moacyr Fadel (PSD), agora é Fatima Castro que se lança como pré-candidata à deputada estadual pelo PROS. A ex-presidente da Câmara deixou o MDB para concorrer pelo mesmo partido de Aline Sleutjes. A intenção de Fatima que que mora no distrito de Socavão, é colar na deputada federal que pretende disputar o Senado Federal, e com isso somar votos preciosos.

TRÊS NOMES
Ainda é cedo para sabe se haverá mais candidatos, mas, por enquanto, três nomes irão para as urnas em 2 de outubro, sendo dois para deputado estadual e Aline para o Senado Federal. No pleito de 2018, seis foram os candidatos, quatro para deputado estadual e dois para federal.

DOMINGOS
Em um passado não muito distante, Castro teve seu representante na Assembleia Legislativa do Paraná. Foi o ex-vice-prefeito Domingos Faustino de Carvalho, que elegeu-se pelo PMDB. Ficou apenas um mandato como deputado estadual e acabou não se reelegendo. O governador na época era Jaime Lerner e quem dava as cartas por aqui era Plauto Miró, hoje em seu oitavo mandato.

DOIS RETORNAM
Marcel Micheletto (PL) e Márcio Nunes (PSD) reassumiram no dia 31 de março o cargo de deputado na Assembleia Legislativa do Paraná e nesta segunda-feira (4) participaram da primeira sessão plenária após o retorno. Eles cumpriam a função de secretário de Estado e retornam aos mandatos no Legislativo após o término do prazo para a desincompatibilização determinado pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE) aos ocupantes de cargos públicos que pretendem concorrer nas próximas eleições. Micheletto e Nunes assumem as vagas deixadas por Gugu Bueno (PSD) e Hussein Bakri (PSD), que regressam para a suplência.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.