Polícia Civil em Ponta Grossa prende quatro suspeitos de estelionato e associação criminosa

Polícia Civil em Ponta Grossa prende quatro suspeitos de estelionato e associação criminosa

*Da Redação

Ponta Grossa – No final da manhã desta terça-feira (14), a PCPR, após levantamento de informações, localizou e prendeu em flagrante quatro pessoas com idades de 40, 49, 55 e 65 anos, uma delas uma mulher, em agência bancária na região do Sabará, Bairro Chapada, em Ponta Grossa. No momento da abordagem eles iniciavam a abertura de uma conta com a utilização de documentos falsos, para o recebimento de valores suspeitos.

Segundo apurado, a mulher teria sido agenciada pelo grupo na cidade de São Paulo (SP), tendo se deslocado, inicialmente, até Curitiba onde houve uma tentativa frustrada de abertura de conta. Na sequência dos fatos, ela e os três homens seguiram para Ponta Grossa, onde acabaram identificados e presos.

Ação criminosa

Em Ponta Grossa a mulher teria recebido um comprovante de endereço igualmente falso, tendo se deslocado com o grupo até a agência no Sabará.

Para participar da ação ela receberia aproximadamente R$15 mil, deixando a conta disponível para o recebimento de valores de origem ilícita. Um dos envolvidos já encontrava-se com mandado de prisão em aberto, expedido pela Comarca de Curitiba, condenado pela prática de outro crime de estelionato, estando foragido desde outubro de 2020. Segundo apurado, os mesmos documentos já haviam sido utilizados para abertura de contas em outros estados, apontando a associação dos envolvidos para a prática de demais delitos. As investigações seguem para apurar o envolvimento de outras pessoas, bem como a origem dos valores que seriam movimentados nas contas bancárias. As penas previstas para os crimes de estelionato e associação criminosa podem chegar, somadas, a 8 anos de reclusão.

*Com PCPR / 13ª SDP

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.