Homem que matou professora a facadas vai a júri em Ponta Grossa

Homem que matou professora a facadas vai a júri em Ponta Grossa

Matheus de Lara

Ponta Grossa – Marcelo Ávila acusado de matar Luciane Aparecida de Ávila, de 42 anos, vai a júri popular nessa terça-feira (13), às 8h30. O julgamento será realizado no Fórum de Ponta Grossa. Marcelo responde pelo crime de homicídio triplamente qualificado, tentativa de homicídio qualificado e por submeter criança sob guarda a constrangimento. Conforme informações, é a segunda vez que o julgamento é marcado. Na sessão anterior 25 jurados estavam convocados, mas apenas 11 apareceram, o mínimo para a realização é de 15.

Atualmente o réu está preso no Complexo Médico Penal de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba. Devido a pandemia ele vai participar do júri popular por vídeo conferência, qual vai prestar depoimento e acompanhar a sessão.

O caso

Luciane que era professora, foi morta em frente à escola Desafio em que trabalhava. O assassinato aconteceu em 4 de dezembro de 2019. Ela foi esfaqueada, pelo ex-marido na frente de um dos filhos do casal, quando foi surpreendida pelo criminoso que a esfaqueou várias vezes, no tórax e nas pernas. Socorrida, não resistiu aos graves ferimentos e meia hora depois veio a falecer. Um pedestre que passava na hora do crime tentou impedir o crime, mas também acabou sendo ferido no braço. O homicídio aconteceu na Avenida Anita Garibaldi, São José, em Ponta Grossa.

Após o crime o homem fugiu em uma motocicleta e jogou a faca utilizada, no terreno de uma casa. Marcelo foi encontrado horas depois em Carambeí, andando às margens da rodovia PR-151. A Polícia Militar disse na época, que a vítima havia pedido medida protetiva contra Marcelo.

No dia seguinte, Marcelo foi interrogado. Ele entrou na audiência de custódia por volta das 15 horas e após o depoimento foi encaminhado direto para o presídio do município.

Nessa terça-feira

A defesa da família de Luciane espera que seja realizada a justiça. Já a defesa do reú, disse que vai mostrar a verdade com a apresentação de diferentes provas.

*Com informações

Foto: Reprodução / aRede

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.