Homem morre eletrocutado quando realizava poda de árvore em PG

Homem morre eletrocutado quando realizava poda de árvore em PG

Matheus de Lara

Ponta Grossa – Foi sepultado na tarde de segunda-feira (6), no Cemitério Parque Jardim Paraíso, o jovem Adrimar de Souza Rodrigues, de 28 anos. Ele morreu eletrocutado na manhã de domingo (5), quando realizava a poda de uma árvore, em uma chácara na região da Lagoa dos Pintos, em Ponta Grossa. O alpinista industrial que é natural de Novas Tebas, não resistiu aos graves ferimentos provocado pela descarga elétrica, quando ele encostou o galho nos fios de alta tensão. Ele morreu no local.

Equipes do Samu, helicóptero de Operações Aéreas e Polícia Militar estiveram na região, mas nada pode ser feito. Em seguida Criminalística e Instituto Médico Legal (IML) de Ponta Grossa, fizeram a perícia e recolhimento do corpo.

Adrimar morava no Jardim Paraíso e deixa uma filha de 4 anos.

Cuidados

A reportagem do Página Um News, conversou com o tenente do 2° GB de Castro, Paulo Marcelo Ribas Ribeiro, sobre os cuidados e prevenção para a poda de árvores próximos a fios de luz. De acordo com o tenente, “só deve ser executado por profissionais habilitados, autorizados e que estejam com equipamentos de segurança adequados. Os casos de poda de árvore que estejam próximos ou tocando a rede elétrica devem ser executados pela Copel através de solicitação do interessado”.

Conforme Ribeiro, para evitar acidentes, “não tente executar qualquer serviço sempre que houver proximidade da árvore ou de seus galhos com a rede elétrica. A atenção deve ser redobrada, não só para poda, mas quando as árvores tocam a fiação elétrica em geral. Não se deve subir ou usar varas metálicas para apanhar frutos, pois a árvore pode estar energizada. Caso queira podar árvores próximas à rede elétrica em sua propriedade particular, a Copel também deve ser chamada”, descreve.

Foto: Divulgação

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.