Casal morre preso entre as ferragens em rodovia que corta Castro

Casal morre preso entre as ferragens em rodovia que corta Castro

Corpos ficaram presos entre as ferragens

Sandro Adriano Carrilho

A noite de sexta-feira (6) começou trágica em Castro com a morte de duas pessoas, vítimas de acidente automobilístico na PR-340, KM 213 mais 500 metros, logo após o acesso à Cooperativa Castrolanda.

De acordo com informações, o automóvel Palio Weekend, de cor preta, placas MGT 5114, licenciado em Curitiba, colidiu com uma carreta carregada de calcário. O acidente registrado às 19h15 envolveu, ainda, um caminhão Caçamba que, para evitar nova colisão, atingiu um barranco.
Com o choque, o automóvel veio a capotar, parando no acostamento, lado direito, no sentido centro da cidade ao distrito do Abapan, com os rodados para cima.

De acordo com o sargento Zadra, do 2º GB em Castro, apenas a mulher havia sido identificada até o início da madrugada de sábado (7). Trata-se de Vera Lucia Machado de Medeiro.


Para Zadra, a operação de retirada dos corpos levou em torno de 4 horas e 30 minutos, e foi necessário o uso de um desencarcerador weber para cortar o teto do carro e reagatar os corpos presos entre as ferragens.
Durante todo o tempo de resgate, a rodovia ficou interditada entre os dois sentidos.

Participaram ainda na operação os sargentos Sobrinho, Schrott e Flávio, e os cabos Percy e Marcio.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.