(Assista aos vídeos) Presos dois suspeitos de matarem por engano casal em Ponta Grossa

(Assista aos vídeos) Presos dois suspeitos de matarem por engano casal em Ponta Grossa

Da Redação*

A Polícia Civil do Paraná, em Ponta Grossa, com apoio da Polícia Civil de Santa Catarina, desencadeou a Operação Inocentes, que acabou por prender, temporariamente nesta terça-feira (14), dois suspeitos de envolvimento nos homicídios do casal Luiz Arthur Bach Xavier e Rubiane Aparecida Mayer, ocorridos em 30 de setembro de 2023, no Jardim Europa, em Ponta Grossa.

Os mandados foram cumpridos nas cidade de Jaraguá do Sul/SC, Florianópolis/SC, Guaratuba/PR e Ponta Grossa/PR.

No dia dos fatos, criminosos armados invadiram a residência do casal e efetuaram diversos disparos de arma de fogo em direção as vítimas, que estavam deitadas na própria cama e não tiveram nenhuma chance de defesa, tendo ambos morrido ainda no local.

As investigações apontaram que os criminosos buscavam matar outro indivíduo, que possui histórico de envolvimento com tráfico de drogas e na noite dos fatos deixou sua motocicleta estacionada em frente a casa das vítimas.

Acreditando que era tal indivíduo que estava na residência, os criminosos invadiram a residência e acabaram matando Luiz e Rubiane, dois jovens que estavam recém-casados e que não possuíam nenhum histórico de envolvimento com prática de crimes.

De acordo com o Delegado Luís Gustavo Timossi, nesta terça-feira foi dado dado um grande passo na investigação que, nestes sete meses, conseguiu identificar os suspeitos de envolvimento com o crime, inclusive alguns já morando em Santa Catarina, logo após a prática do crime.

Durante o cumprimento dos mandados de prisão temporária e busca e apreensão, restaram apreendidos, além de celulares, duas pistolas de calibre 9mm, 44 munições, além de quatro carregadores, resultando na prisão em flagrante de um homem e uma mulher na cidade de Florianópolis.

Na cidade de Ponta Grossa, mandados de busca ainda são cumpridos, tendo sido localizado em um dos endereços uma motocicleta – produto de furto -, resultando na condução de dois homens para a delegacia.

Agora, as apurações se encaminham para sua fase final, com o prazo de até 30 dias para serem finalizadas, podendo o prazo ser prorrogado por igual período.

Redação Página 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.
× Fale com o P1 News!