Ratinho Junior amplia vantagem e deve ser reeleito em primeiro turno

Ratinho Junior amplia vantagem e deve ser reeleito em primeiro turno

Da Assessoria

Curitiba – Na segunda pesquisa realizada pelo Real Time Big Data no Paraná, o atual governador passou de 42% para 43% no cenário estimulado, 18% a mais do que todos os seus adversários somados. Intenção de votos no cenário espontâneo e a aprovação da gestão também subiram.

Uma nova pesquisa Real Time Big Data sobre a disputa ao Governo do Paraná divulgada nesta quinta-feira (21) reforça o favoritismo do atual governador Carlos Massa Ratinho Junior, do Partido Social Democrático (PSD), à reeleição. Passados 24 dias desde o último levantamento feito pelo instituto, encomendado pela Record TV, Ratinho ampliou a sua vantagem em todos os cenários e teve aumento na taxa de aprovação de seu governo pela população.

No cenário estimulado, quando com os nomes dos pré-candidatos são apresentados aos entrevistados, Ratinho Junior subiu de 42% para 43% das intenções de voto, enquanto todos os seus adversários juntos somam apenas 25%. Com 14% de votos brancos ou nulos, o governador tem clara perspectiva de vitória já em primeiro turno, marcado para 2 de outubro.

Na pesquisa espontânea, quando não são apresentados os nomes de pré-candidatos, a situação é ainda mais favorável ao atual chefe do poder executivo. Além de subir de 20% para 21% entre os dois levantamentos, os demais candidatos juntos caíram de 14% para 11%.

Aprovação ao governo também subiu

Perguntados sobre a avaliação do atual governo paranaense, 58% dos entrevistados disseram agora aprová-la, ante 57% em junho. A alta taxa de avaliação positiva, somado ao baixo índice de rejeição ao governador, de apenas 22%, ajudam a explicar o seu amplo favoritismo ao pleito neste momento.

A 73 dias da eleição e com um cenário de grande estabilidade demonstrado nos seis levantamentos já divulgados até o momento sobre a disputa estadual, Ratinho Junior se encaminha para mais quatro anos à frente do Palácio Iguaçu, onde suas políticas demonstram agradar a maior parte da população paranaense.

Na disputa ao Senado, cenário é mais incerto

Se no poder executivo a situação parece encaminhada, a única vaga ao Senado pelo Paraná neste ano ainda tem ocupante incerto. Como a lista de pré-candidatos mudou entre um levantamento e outro feito pelo Real Time Big Data, os dados não são comparáveis entre si.

Até o momento, a disputa se mostra mais concentrada entre Sérgio Moro, do União Brasil, e Álvaro Dias, do Podemos. No cenário com mais pré-candidatos em disputa, Moro tem 31% e Dias marca 27%. Completam a disputa Doutor Rosinha (PT), com 7%; Paulo Martins (PL), com 5%; Aline Sleutjes (Pros), com 2%. Guto Silva (Progressistas), Desiree Salgado (PDT) e Valdir Rossoni (PSDB) aparecem com 1% cada, enquanto Orlando Pessuti (MDB) e Elton Bars (PCdoB) não chegaram a 1% das intenções de voto. Brancos e nulos somam 11% e 16% disseram não saber em quem votar ou não responderam.

Sobre a pesquisa

O levantamento Real Time Big Data ouviu 1.500 eleitores paranaenses por telefone entre os dias 19 e 20 de julho. O nível de confiança da pesquisa é de 95% e a margem de erro é de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos. Os dados estão registrados sob o número PR-06745/2022.

Foto: AEN

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.