PSD Mulher realiza encontro e encoraja maior representatividade feminina nas eleições

PSD Mulher realiza encontro e encoraja maior representatividade feminina nas eleições

*Da redação

Ponta Grossa – A caravana do PSD Mulher esteve em Ponta Grossa na noite de terça-feira (22) para estimular novas filiações partidárias, encorajar maior número de candidaturas nas eleições de 2022 e ampliar a representatividade feminina nas assembleias legislativas, na Câmara Federal e no Senado da República.


Foi um encontro além do esperado, com público superior a 300 pessoas e que trouxe a primeira-dama do Paraná, Luciana Massa; Sandra Duda, coordenadora do PSD Mulher; o deputado federal Sandro Alex, o ex-prefeito Osmar Blum, de Carambei; o presidente do PSD em Ponta Grossa, José Elizeu Chociai, e outros 18 presidentes pessedistas, além da participação de autoridades políticas do governo municipal. Na ocasião, a prefeita ponta-grossense Elizabeth Silveira Schmidt foi empossada presidente do núcleo feminino do PSD de Ponta Grossa, assim como filiadas a secretária da Família e Desenvolvimento Social, Simone Kaminski Oliveira, que disputará uma cadeira na Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP-PR); a secretária municipal de Segurança Pública, Tania Sviercoski e Scheila Mainardes, esposa do ex-secretário de Governo de Ponta Grossa, Sebastião Mainardes Junior, entre outras lideranças. Também marcaram presença o secretariado da prefeita Elizabeth, vereadores de Ponta Grossa e Ipiranga, entre outras autoridades.

Encontros

Os encontros regionais do PSD Mulher são organizados em parceria com as executivas municipais do partido, com o intuito de instalar os núcleos femininos em todas as cidades do estado. O cronograma dos encontros contempla 13 cidades paranaenses, teve início em fevereiro na cidade de Foz do Iguaçu e, recentemente, foi marcado por um evento grandioso em Curitiba que reuniu mais de 1000 mulheres.

Primeira-dama do Paraná, Luciana Massa


“Vamos rodar os quatro cantos do estado e oportunizar o debate sobre a importância da representatividade feminina nas eleições de 2022, assim como incentivar ainda mais as militantes do partido na disputa por uma cadeira”, comentou Sandra Duda. Ela enfatiza que o PSD Mulher acredita que uma sociedade mais justa e igualitária é construída com a participação ativa da mulher na política.


O PSD foi a sigla que mais cresceu nas últimas eleições municipais, demonstrando sua força com 129 prefeitos eleitos, seis deputados estaduais e quatro deputados federais. Na esfera feminina, das 39 prefeitas eleitas, onze são do PSD, o que equivale a uma fatia de 30% das prefeituras comandadas por mulheres.


Atendendo a uma resolução do TSE, todas as pessoas com interesse em se candidatar a cargos eletivos devem estar filiadas aos partidos até 1º de abril. Em razão desse calendário, neste mês de março – no qual se comemora uma data histórica para as mulheres -, a agenda do PSD Mulher será intensa.

*Com assessoria

Fotos Cleucimara Santiago

Secretário de Estado da Infraestrutura e Logística e deputado federal licenciado, Sandro Alex (PSD)
Encontro reuniu, além do público feminino, lideranças regionais

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.