Plauto quer informações sobre estoque de oxigênio medicinal no sistema público de saúde

Plauto quer informações sobre estoque de oxigênio medicinal no sistema público de saúde

Da Assessoria

O recente caos que se instalou nos hospitais do Amazonas, principalmente em Manaus, causado pela falta de oxigênio medicinal, acendeu o sinal de alerta em todo o Brasil. Mais um efeito catastrófico provocado pelos inúmeros casos de Covid-19.

Pensando nisso, o deputado Plauto Miró Guimarães Filho (DEM) apresentou um pedido de informações endereçado à Secretaria Estadual da Saúde (SESA) questionando sobre o tema. O deputado quer saber como está o estoque do produto nos hospitais mantidos ou subsidiados pelo governo estadual.

“Esses detalhes precisam ser públicos para tranquilizar a população. Apesar das ações de prevenção ao contágio e da chegada das vacinas, não podemos relaxar, afinal estamos no meio de uma pandemia”, enfatiza.   

Plauto também pergunta qual o volume de consumo médio de oxigênio por parte dos doentes de Covid-19. Esse dado ajuda a mensurar a capacidade de atendimento da rede estadual em relação a capacidade de fornecimento.

Por fim, o parlamentar quer saber se a SESA possui um plano emergencial de armazenamento e distribuição de cilindros de oxigênio, caso ocorra um aumento exponencial de casos no Paraná. Isso envolve também a logística de entrega aos hospitais.

Plauto destaca que o pedido de informação pode ajudar o governo do estado a se estruturar ainda mais. “Caso exista alguma fragilidade no sistema de saúde, diante de um possível colapso, o Poder Legislativo poderá, previamente, ajudar a encontrar saídas para dar aos paranaenses o melhor atendimento possível.”

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.