Em resposta a prefeito, deputada Aline cita todos os recursos enviados para Castro

Em resposta a prefeito, deputada Aline cita todos os recursos enviados para Castro

Da Assessoria

A deputada federal Aline Sleutjes, representante de Castro e do Paraná na Câmara Federal, realizou na noite de sábado (10) uma live onde abordou vários temas de relevância nacional junto com seus convidados deputado federal Dr. Luiz Ovando (PSL/MS) e o prefeito João Rodrigues de Chapecó/Santa Catarina, como lockdown, tratamento imediato, vacinação e serviços essenciais.

Dentre os assuntos, ao final da live, a deputada citou todos os seus recursos enviados para o município castrense. A resposta foi motivada pela fala do prefeito de Castro em uma rádio local, na qual afirmou que “a deputada não tinha destinado recursos para a cidade”.

Aline fez questão de esclarecer junto com a assessoria técnica a provocação e citou os 23 recursos enviados para Castro. Ao todo, a deputada já indicou para o município um total de R$ 17.738.200,00 dos quais R$ 3.822.259,55 já estão pagos.

A parlamentar foi enfática, por várias vezes, em afirmar que “falta vontade política, por parte do prefeito, em tocar as obras que são de recursos meus, destinados a cidade de Castro”.

Aline afirmou que tem prova documental de todos os recursos enviados para o município. “Podem discordar de algum posicionamento político, de alguma votação, de alguma pauta ideológica, mas jamais dizer que eu não trabalho, que eu não faço nada por Castro, tudo está documentado. Eu tenho todas as provas dos recursos destinados por mim a minha cidade natal. Amo o povo castrense, onde fui vereadora por dois mandatos e hoje, com muito orgulho, sou a primeira deputada federal eleita pelo município e pelo Paraná”.

“Prefeito, a eleição já terminou, agora é hora de arregaçar as mangas e trabalhar. Vamos deixar as brigas políticas de lado e focar no nosso povo que tanto precisa. Já são tantos males que estamos passando com essa pandemia, como o fechamento do comércio erroneamente, o negacionismo do tratamento, as restrições dos direitos constitucionais de ir e vir. A política serve para ajudar e facilitar a vida das pessoas e não atrapalhar. Estou aqui para representar Castro e todo o meu querido estado do Paraná, trabalho todos os dias para ajudar o meu povo. Se temos divergências políticas e de conduta, deixemos para disputar nas urnas. População de Castro, sempre conte comigo, sou filha desta terra e honrarei cada voto e a oportunidade a mim confiada”, desabafou a deputada.

Recursos

Conforme afirma a deputada, já foram encaminhados para o município quase 18 milhões de reais. “Todos os recursos indicados/destinados estão devidamente documentados, inclusive aqueles que foram enviados via prefeitura, ou seja, em que a prefeitura deve realizar as ações. Posso aqui citar novamente alguns recursos que já foram pagos, como a Readequação da Estrada Rural da localidade do São Luiz dos Machados até Lagoa dos Ribas, duas ambulâncias, tipo A – furgão, uma para o Abapan e outra para o Socavão, a execução da continuidade da pavimentação existente na rodovia que liga o Distrito do Socavão a sede urbana do Município”, destaca.

Segunda detalha Sleutjes, alguns recursos ainda não foram aplicados. “Os maiores recursos infelizmente não foram ainda utilizados devido à falta de licitação e contratação por parte do município, R$ 10 milhões para o asfalto do Socavão, que inclusive já foi pago um percentual para que o município possa realizar a contratação e apresentação do projeto de engenharia, portanto cabe a ele, ao prefeito, a licitação e execução desta obra tão importante para o nosso povo. Sem falar da execução da rotatória de acesso rodoviário, na PR-340, em uma extensão de 320 metros, no perímetro urbano do município de Castro, que ele através de ofício registrou ao DER que não é de interesse público, jogando fora dois milhões e meio de emenda impositiva que eu poderia ter ajudado 10 municípios com 250 mil reais”, ressaltou.

“Estamos em pandemia, político que se preze, neste momento deixa de lado ideologia, ódio, diferença política, e age com ética e união para ajudar a população que está precisando. Prefeito, só peço que faça sua parte, como o prefeito de Cianorte, Chapecó, Porto Seguro, incentivando os médicos a adotarem o tratamento imediato, comprando equipamentos, medicamentos, mostrando onde estão os respiradores que enviei, bem como o R$ 1.500.000,00 que indiquei através do Ministério da Saúde para o enfrentamento da Covid-19, tratando os doentes para que ninguém precise parar num leito de hospital internado, entubado ou morto. Covid-19 sem tratamento mata, mas negacionismo, políticas ineficientes e má fé matam ainda mais”, finalizou a deputada.

*Com Redação

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.