Deputada Aline Sleutjes desfila ao lado de Bolsonaro

Deputada Aline Sleutjes desfila ao lado de Bolsonaro

Da Assessoria

Grandes manifestações a favor do governo Jair Bolsonaro aconteceram neste sábado (15) em vários pontos do Brasil. Na capital Brasília, o ato iniciou às 8 horas no Parque Leão, momento de concentração e discursos dos organizadores do Movimento Verde e Amarelo. Às 13 horas o presidente Bolsonaro compareceu no almoço no Centro de Tradições Gaúchas Jayme Caetano Braun, na presença de centenas de agricultores e organizadores do agro brasileiro. Caminhões, ônibus, carros, tratores e agricultores seguiram em carreata até a Esplanada dos Ministérios para o grande manifesto.

Às 15 horas Bolsonaro surgiu ao longe vindo do Palácio montado a cavalo, acompanhado do ministro do Meio Ambiente Ricardo Salles, da ministra da Agricultura Tereza Cristina, da presidente da Comissão da Agricultura, Pecuária e Abastecimento Rural da Câmara dos Deputados, Aline Sleutjes, e ainda de seguranças e de alguns agricultores, onde milhares de pessoas aguardavam ansiosamente a passagem da comitiva que foi ovacionada, um momento de muita emoção. Após a cavalgada, todos os participantes da comitiva junto ao presidente da República circularam próximo aos manifestantes para tirar fotos e prestigiar o esforço deste povo que andou centenas de quilômetros para participar deste momento ímpar da história brasileira.

No caminhão de som preparado pela organização do Movimento Verde e Amarelo, o presidente discursou afirmando o compromisso do seu governo com o agro: “Todos os meus ministros estão perfeitamente alinhados com o propósito de servir à pátria e preservar a liberdade com o sacrifício até da própria vida, se necessário for, (…) o Brasil se manteve de pé graças ao homem do campo que não parou nenhum instante, bem como aos caminhoneiros que transportaram nossos produtos aos quatro cantos do país e aos portos”. Em seu discurso o presidente também registrou o respeito à liberdade, à força do Agro e a sua responsabilidade de zelar e proteger esta nação.

Aline Sleutjes desfruta hoje de muita credibilidade com o presidente Bolsonaro e no seu governo, sendo reconhecida por todos como a deputada do Agro, e protagonista de grandes votações de pautas prioritárias do setor. Defensora do agro, mulher do campo, conhecedora do setor, tem conquistado seu espaço desde que chegou a Brasília.

Os manifestantes, como de costume, vestiram suas camisetas verde e amarela, camisetas com o rosto do presidente, bem como do Movimento Verde e Amarelo, portando bandeiras do Brasil e levantando cartazes em apoio ao governo Bolsonaro. Entre as principais pautas estavam o pedido pelo fim do isolamento social e lockdown decretado por alguns governadores e prefeitos em decorrência da pandemia da Covid-19 e também a adoção do voto impresso auditável, um projeto que garantirá a legitimidade das eleições e a verificação dos resultados se necessário for. No Rio de Janeiro, os atos ocorreram em Copacabana. Em São Paulo, manifestantes se encontraram na Avenida Paulista, em frente ao prédio da FIESP. Em Curitiba, a concentração foi no Centro Cívico.

Devido ao protagonismo da deputada Aline, a parlamentar recebeu durante a semana dezenas de representantes do setor e organizadores.

Na manifestação foi muito procurada por populares para fotos e vídeos. Esteve sempre ao lado do presidente da República durante todo o ato e em seus discursos no caminhão principal, demostrou seu apoio ao agro e sua força política.

“Hoje foi o dia que as famílias do campo mostraram toda sua força, coragem e o seu patriotismo, surpreendendo a todos pela magnitude da sua participação na vida política e econômica do Brasil. A você que não planta e não colhe, mas come, respeite e agradeça este setor todos os dias, vamos continuar avançando para garantir safras cada vez maiores para mantermos a segurança alimentar no Brasil e no mundo”, enfatizou a deputada do Agro.

A manifestação encerrou por volta das 18 horas, além de milhares de manifestantes, estiveram no local do evento, vários caminhões de som. Sem nenhum problema de vandalismo, desrespeito ou violência, a Direita mais vez deu uma aula de democracia e amor à Pátria Mãe.

Em sua última frase no evento, o presidente deixou sua marca registrada em um só coro “Brasil acima de tudo e Deus acima de todos !”.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.