Deputada Aline comemora sanção do PL que permite fabricar 400 milhões de vacinas em 90 dias no Brasil

Deputada Aline comemora sanção do PL que permite fabricar 400 milhões de vacinas em 90 dias no Brasil

Da Assessoria

PL 1343/2021 sancionado nesta sexta-feira (16), autoriza fábricas de vacinas de uso veterinário a produzirem vacinas contra Covid-19, bem como insumos farmacêuticos ativos (IFA). A ideia é ampliar a oferta de doses de vacinas e acelerar a imunização da população.

A Deputada Federal Aline Sleutjes (PSL-PR), comemorou a sanção e agradeceu a todos os envolvidos: “O Brasil tem estrutura e agora vamos avançar na fabricação de 400 milhões de vacinas em 90 dias. Como relatora do projeto, agradeço a todos os envolvidos por mais essa vitória, à saúde e ao nosso país. Parabéns ao Governo Jair Bolsonaro, ao Ministério da Saúde, ANVISA e Ministério da Agricultura, Segov e em especial o autor da matéria o amigo e Senador Wellington que estiveram empenhados por essa conquista”, disse.

A deputada complementou registrando: ” Esta sanção representa a independência, ampliação de oferta e o retorno o mais rápido possível da normalidade da vida e da economia nacional.
Diminuindo a dependência brasileira por vacinas importadas contra a Covid-19. Os estabelecimentos que fabricam imunizantes animais serão adaptados e  autorizados a fabricarem os insumos e vacinas, uma grande vitória “, afirmou a vice-líder do governo no Congresso.

“Estamos no caminho certo e somos um dos países que mais vacinaram no mundo. Somados aos 7 milhões de vacinas que a Pfizes adiantou para o Brasil neste mês, iremos reforçar e dar celeridade na vacinação da nossa população, para que, o quanto antes o nosso país retome as atividades normais”, ressaltou o presidente Jair Bolsonaro.

O Governo já distribuiu 154.267.822 de vacinas em todos os estados e mais de 120 milhões de brasileiros foram imunizados.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.