Universidades Estaduais estão entre as melhores da América Latina

Universidades Estaduais estão entre as melhores da América Latina

Agência Estadual de Notícias

As Universidades Estaduais do Paraná estão entre as melhores da América Latina, segundo a classificação do Webometrics Ranking of World Universities, divulgado terça-feira (9). É elaborado pelo Cybermetrics Lab, grupo de pesquisa pertencente ao Conselho Superior de Investigações Científicas (CSIC). O órgão é referência em pesquisa científica na Espanha.

O ranking avalia 31 mil instituições de ensino superior no mundo, em critérios webométricos e bibliométricos. A Universidade Estadual de Maringá (UEM) conquistou a 66ª colocação, seguida pela Universidade Estadual de Londrina (UEL), em 92ª. As universidades ficaram à frente de instituições que são referência nacional, como o Instituto Tecnológico da Aeronáutica (ITA), Universidade Federal de Fortaleza (Unifor) e a Universidade Federal do ABC.

As Universidades Estaduais de Ponta Grossa (UEPG), do Centro-Oeste (Unicentro) e do Oeste do Paraná (Unioeste) estão entre as 200 melhores universidades da América Latina. A Universidade Estadual do Norte do Paraná (UENP) aparece em 370ª e a Universidade Estadual do Paraná (Unespar) em 437ª.

“Essa é a maior avaliação de exercício científico do mundo e ver nossas Universidades Estaduais como protagonistas na América Latina nos orgulha muito, pelo trabalho científico, de extensão e de internacionalização que é desenvolvido em diferentes regiões do Estado”, destaca o coordenador de Relações Internacionais da Superintendência de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Luis Mascarenhas.

O objetivo da classificação é incentivar as universidades a divulgarem o conhecimento gerado pelas instituições. São considerados três indicadores no ranking: visibilidade e impacto do conteúdo na internet; excelência e transparência ou abertura.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.