Unidades de Conservação do Paraná vão funcionar em horário normal no Natal e Ano Novo

Unidades de Conservação do Paraná vão funcionar em horário normal no Natal e Ano Novo

AEN

Que tal curtir o Natal em meio a belezas naturais? Ou abrir 2024 em contato com o meio ambiente? No Paraná é possível. 25 Unidades de Conservação (UCs) vão funcionar normalmente durante as festas de fim de ano, incluindo o Natal e o feriado do dia 1º de janeiro. Há locais com espaço disponível para camping, seja em barracas, como no Parque Estadual Pico do Marumbi, ou por meio de motorhomes, como o Guartelá.

Os horários variam, conforme a agenda de cada parque estadual, e podem ser consultados no site do Instituto Água e Terra (IAT), autarquia estadual responsável pela administração dos complexos ambientais.

Atualmente, das 28 UCs que podem receber público, três estão fechadas para visitação em razão de reformas e adequações: Ilha das Cobras (Paranaguá), Parque Estadual do Pau Oco (Morretes) e Parque Estadual dos Godoy (Londrina).

O Governo do Paraná administra atualmente 72 Unidades de Conservação catalogadas pelo IAT, das quais 28 estão abertas para visitação. Em 2023, mais de 500 mil pessoas fizeram turismo sustentável em um desses pontos, recorde no Estado.

Esse maciço verde compreende 26.250,42 km² de áreas protegidas por legislação. Elas são formadas por ecossistemas livres de uso sustentável de parte dos seus recursos naturais, como os parques abertos à visitação pública que não podem sofrer interferência humana.

Essas áreas de proteção são divididas em UCs Estaduais de Uso Sustentável (10.470,74 km²); UCs Estaduais de Proteção Integral (756,44 km²); Áreas Especiais de Uso Regulamentado (152,25 km²) e Áreas Especiais e Interesse Turístico (670,35 km²).

O cenário se completa com as Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPNs), cuja extensão abrange 553,83 km²; terras indígenas, com 846,87 km²; Unidades Federais, de 8.840,39 km², e Unidades Municipais (3.959,55 km²).

Essa rede de proteção ao patrimônio natural do Estado vai ganhar ainda mais cinco novas unidades nos próximos meses: Estação Ecológica Tia Chica, em Reserva do Iguaçu; Estação Ecológica Reserva de Bituruna, em Bituruna; Área de Proteção Ambiental (APA) do Miringuava, em São José dos Pinhais; Refúgio da Vida Silvestre das Ilhas dos Guarás, em Guaratuba; e Estação Ecológica Rio das Pombas, em Pontal do Paraná.

Redação Página 1

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.
× Fale com o P1 News!