Paraná alinha parceria com a República Dominicana em várias áreas

Paraná alinha parceria com a República Dominicana em várias áreas

Agência Estadual de Notícias

O superintendente de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Governo do Estado, Aldo Nelson Bona, recebeu nesta quinta-feira (18) o ministro conselheiro da Embaixada da República Dominicana no Brasil, Marino Castillo Lacay. O encontro teve como objetivo alinhar os detalhes para a elaboração de um Memorando de Entendimentos (MOU) que será firmado com o Ministério da Educação Superior, Ciência e Tecnologia do país caribenho.

Entre vários aspectos, essa parceria vai permitir o compartilhamento da produção científica e tecnológica entre o Brasil e a República Dominicana, a partir da identificação de demandas dos dois países que possam ser supridas por meio de uma cooperação técnica internacional, beneficiando estudantes e professores das sete universidades estaduais do Paraná.

Desde o ano passado, as articulações institucionais com o Governo da República Dominicana contemplam a área de negócios, para além do campo acadêmico. Nessa reunião foram combinados os primeiros passos para a execução do que já vem sendo discutido ao longo dos últimos meses.

“No que se refere a negócios, assim como nossas experiências de graduação, definimos o turismo como uma vertente de interesse do Paraná, considerando que aquele país é um importante destino turístico mundial, organizado em sistemas regionais muito bem preparados, inclusive com a presença do Estado junto à iniciativa privada”, destacou o superintendente Aldo Bona, sinalizando ações em parceria com a Secretaria de Estado do Desenvolvimento Sustentável e Turismo e as universidades que ofertam cursos de Turismo.

O Memorando de Entendimentos prevê a cooperação no desenvolvimento e execução de projetos, programas, pesquisas e intercâmbios em áreas de interesse comum ao Brasil e à República Dominicana. Para isso, serão articuladas reuniões de trabalho e mecanismos para a troca de informações entre os dois países.

O Paraná pretende prospectar atividades nas cinco novas áreas definidas em 2020 pelo Conselho Paranaense de Ciência e Tecnologia (CCT Paraná): Agricultura e Agronegócio; Biotecnologia e Saúde; Energias Sustentáveis; Cidades Inteligentes e Sociedade; Educação; e Economia. Já a República Dominicana tem interesse nos segmentos de logística de portos; sistemas inteligentes; integração produtiva de agronegócios; e micro e pequenos empreendimentos.

Para o embaixador conselheiro Marino, as universidades paranaenses estão entre as grandes representações acadêmicas brasileiras. “Há áreas do ensino superior do Paraná que são fundamentais para a República Dominicana, principalmente no campo da agricultura e da agroindústria, uma vez que o país ainda depende muito de exportações de produtos in natura”, explica.

O Memorando de Entendimentos será assinado em breve pela nova embaixadora da República Dominicana no Brasil, Patricia Villegas de Jorge, designada e empossada recentemente no cargo.

INTERNACIONALIZAÇÃO

A Superintendência Geral de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior do Paraná tem atuado para incentivar a internacionalização contínua das universidades. “A ideia é estabelecer instrumentos de cooperação para viabilizar missões, conhecer as políticas de Ciência e Tecnologia de outros países e, ainda, promover aperfeiçoamento profissional por meio de cursos presenciais e semipresenciais”, destaca Luis Paulo Gomes Mascarenhas, coordenador da Divisão de Relações Internacionais da superintendência.

A partir dessa nova parceria será possível, por exemplo, as universidades ampliarem os programas de dupla diplomação e de mobilidade internacional, incluindo equivalência e validação de títulos e diplomas de graduação e pós-graduação, tanto para alunos quanto para professores de ambos os países. Atualmente, as universidades estaduais do Paraná dispõem de 440 acordos de cooperação, firmados com outras instituições de ensino de diferentes países, em todos os continentes do globo.

REPÚBLICA DOMINICANA

O país está localizado no Caribe, região do continente americano formada por estados insulares – países independentes, cujos territórios são compostos por um grupo de ilhas. A República Dominicana é considerada uma das principais economias da América Latina, estimulada por um avançado sistema de telecomunicações e por uma das melhores infraestruturas de transporte em todo o continente.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.