Cerca de 879 mil estudantes da rede estadual participaram do Prova Paraná nesta semana

Cerca de 879 mil estudantes da rede estadual participaram do Prova Paraná nesta semana

AEN

Aproximadamente 88% dos estudantes da rede estadual de ensino (cerca de 879 mil alunos) fizeram a Prova Paraná, aplicada nestas quarta e quinta-feira (4 e 5). As avaliações aconteceram em todos os colégios estaduais, durante o horário de aula. A edição foi a primeira em formato totalmente presencial desde 2020.

O exame, que abrange todas as disciplinas, tem o objetivo de fornecer um diagnóstico sobre o nível de aprendizado dos estudantes em relação aos conteúdos abordados neste primeiro trimestre. Os resultados auxiliam os professores e as equipes gestora e pedagógica dos colégios a identificar quais conteúdos foram melhor entendidos e quais precisam ser reforçados. Assim, é possível aprimorar as ações pedagógicas e as estratégias de ensino-aprendizagem.

“A aplicação da prova foi bem tranquila, porque nós já havíamos feito, com os nossos alunos, um simulado da Prova Paraná. Eles puderam se inteirar de como os conteúdos são cobrados e de como preencher corretamente o gabarito”, disse a professora Silvia Karla Santana, que leciona Geografia no Colégio Estadual Conselheiro Carrão, em Curitiba.

A partir das respostas de seus estudantes, a professora verá quais conceitos da Geografia não ficaram totalmente claros para eles. “Vamos retomar esses conceitos em sala de aula, seja resolvendo juntos as questões da prova, lendo com atenção e identificando o que causou o não entendimento, seja fazendo outras atividades para reforçar aqueles conteúdos”, diz Silvia.

Guilherme Zanetti Verderio, estudante do 8º ano do Colégio Estadual São Paulo Apóstolo, em Curitiba, conta que achou a prova relativamente fácil, porque já havia entendido bem o conteúdo do trimestre. “História e Geografia eram as que estavam mais difíceis. Mas com Matemática eu sei lidar bem”, disse.

Serão aplicadas mais duas edições do Prova Paraná este ano, para avaliar o aprendizado dos dois próximos trimestres letivos. Além da rede estadual, a prova também é aplicada para o 5º ano do ensino fundamental de escolas das redes municipais que aderiram à avaliação.

Redação Página 1

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

error: O conteúdo é de exclusividade do Página 1 News.